“Memória”: Google Assistente poderá salvar conteúdos para ver mais tarde

Uma nova atualização pode estar a caminho do Google Assistente, e um dos principais recursos promete simular ou auxiliar a memória humana por lembrar de forma automatizada qualquer coisa que o usuário pode esquecer com o tempo.

Google Assistente deve receber atualização com a função
Google Assistente deve receber atualização com a função "Memória" em breve. (Imagem: Reprodução / Kyle Bradshaw, pelo Twitter)

Tem novidades chegando no Google Assistente, e a atualização permitirá uma melhor integração da IA do recurso com o sistema Android em si. De acordo com informações do 9to5Google, uma função chamada "Memória" será capaz de armazenar lembretes e outros dados de forma automatizada, o que pretende aprimorar ainda mais a experiência do usuário.

Esse novo recurso envolve basicamente economizar tempo na hora de realizar a pesquisa por algo, assim como lembretes já programados. Essa atualização permitirá uma integração maior do assistente com outros aplicativos instalados no sistema Android, o que de certa forma, ficará cada vez melhor, à medida que a inteligência artificial aprende seus gostos e atividades.

Prints da tela com o recurso Memória, em inglês. (Imagem: Reprodução / 9to5google)
Prints da tela com o recurso "Memória", em inglês. (Imagem: Reprodução / 9to5Google)

Leia também:

Objetivo e disponibilidade do recurso

Essa função está relacionada diretamente ao Google Keep, recurso que guarda os lembretes e depois emite alertas. A partir disso, então, o Google Assistente poderá de forma automatizada lembrar o usuário sobre eventos que estejam cadastrados no sistema, além de muitos outros tipos de conteúdo. A fonte fala sobre artigos, livros, contatos, eventos, voos, hotéis, imagens, filmes, música, notas, fotos, lugares, listas de reprodução, produtos, receitas, lembretes, restaurantes, capturas de tela, programas de TV, vídeos e sites, ou seja, são muitas possibilidades.

A função "Memória" tem como foco conceder acesso facilitado a tudo o que o usuário quer ter acesso frequente ou qualquer outra coisa que a rotina da vida pode fazer esquecer. Dito isso, o recurso é basicamente um sistema de armazenamento inteligente que simula ou se assemelha muito com a memória que temos conosco, mas que com a velhice e outros problemas relacionados começa ficar cada vez mais fraca.

A fonte ainda finaliza comentando sobre a disponibilidade do recurso. Ao que se sabe, apenas alguns funcionários do Google recebem acesso ao upgrade do Google Assistente para testar as funções, a fim de aprimorá-las, até por fim ser anunciada uma versão estável. Ainda não é possível afirmar se de fato teremos essa atualização sendo lançada para o público em geral. Apesar das funções serem interessantes, o feedback desses "cobaias" podem apontar a sua relevância para o público em geral.

Via

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário