Internet cresceu 20% em 2011. Vamos comemorar?

Ou não? Paira em mim esse dúvida. Claro, todo o crescimento em nosso mercado é válido, mas quando vemos que a web ainda representa apenas 5,11% do mercado eu penso o quanto mais vamos ter que nos esforçar para atingir o patamar de 2 dígitos, ou seja, passar dos 10%

Por | @plannerfelipe Internet

Ou não? Paira em mim esse dúvida. Claro, todo o crescimento em nosso mercado é válido, mas quando vemos que a web ainda representa apenas 5,11% do mercado eu penso o quanto mais vamos ter que nos esforçar para atingir o patamar de 2 dígitos, ou seja, passar dos 10%. Serão quantos anos? Em 2009 foram quase 4%, em 2010 passou dos 4%. Em 2011 passou dos 5.

Internet cresceu 20% em 2011. Vamos comemorar?

Vamos esperar mais 5 anos, para ir de um em um até passar do 10%? Isso me deixa preocupado. Será que só as pessoas, como eu, que trabalham com web entendem a importância do meio e enxergam que as pessoas estão interagindo cada vez mais nessa plataforma?

O estudo do Projeto Inter-Meios da Editora Meio e Mensagem, mostra essa evolução dos meios. Todos os anos, o destaque é sempre a Internet, isso desde 2007, mas se por um lado muitos comemoram, eu Felipe, sou um pouco mais cético. Assim como o crescimento do Facebook é maior que do Google, o fato é que quando se é pequeno as chances de crescer são maiores.

O Facebook no Brasil era pequeno, cresceu 300% e o Orkut 20, mas o Orkut já tinha 40 milhões de usuários. O Facebook apenas 10. A TV, segundo o projeto, cresceu 9,17%, bem menos da metade da Internet, entretanto, a TV tem 63,3% dos R$ 28,45 bilhões de reais que o mercado publicitário faturou em 2011.

Outro fator interessante é que a TV a cabo ganhou mais verba, mais 17,85% sobre o valor de 2011, isso mostra que as marcas estão segmentando a mensagem, pois a TV a cabo ainda tem uma penetração e programação mais classe AB, mas se estão segmentando por que não usar a web? Por que é legal ver o comercial na TV? Bom para o ego do diretor de marketing? Vamos ir além da TV, ela não é mais a única mídia que impacta, que vende ou que gera receita para as marcas. Gostei muito do que Ari Meneghini disse na reportagem sobre os números do Projeto Intermeios:

“O investimento ainda não reflete o tempo de consumo de internet nem o uso que os brasileiros fazem dela. A internet continua sendo o meio que mais cresce há anos. No ano passado, o crescimento foi impulsionado pelo aumento do tempo dos brasileiros na internet e pela melhoria dos serviços na rede, além da audiência nas redes sociais, no consumo de vídeo, nas áreas de entretenimento, busca, além do fato de que os brasileiros conectados estão se informando mais pela internet do que por outros meios” admite Ari Meneghini, diretor executivo do IAB Brasil, ao meio&mensagem.

Diversas pesquisas mostram que as pessoas estão mais na Internet que na TV. Só em Social Games, por exemplo, as pessoas passam 10h por semana, ao passo que na TV, passam 5h. O conceito multitelas está vindo “pesado” para o Brasil, pessoas online em diversas telas. Entrou o comercial na TV, corre para o Facebook no Notebook ou para o Twitter no celular, passando por ver o email no Tablet. E ai, você ainda vai investir apenas na TV?

Fonte: Proxxima

Mais sobre: internet, tecnologia, mundo
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários