Criar um blog. Parte 2 - nome, CMS e a partida

Tão importante quanto saber como e sobre o que escrever é escolher o nome para seu blog. Assim como o nome, você também precisa escolher qual a ferramenta de manipulação do blog. Após escolhido o CMS vamos iniciar a divulgação de seu blog.

Por | @nmuller99 Internet
Tão importante quanto saber como e sobre o que escrever é escolher o nome para seu blog. Assim como o nome, você também precisa escolher qual a ferramenta de manipulação do blog. Após escolhido o CMS vamos iniciar a divulgação de seu blog.

Criar um blog. Parte 2 - nome, CMS e a partida

Escrevi há dias atrás um artigo sobre como escolher um nome para seu site/blog. É bom ter uma noção de como criar um nome para seu blog, este nome deve prioritariamente ser relacional com o conteúdo que você escreverá. Quanto mais relacional o conteúdo com o nome melhor, a relevância ajuda muito na hora do posicionamento nas buscas. Leia o texto e entenda melhor como criar um nome para seu site.

Nome já escolhido agora é a hora de escolher a ferramenta que será utilizada para a edição do blog. Existem algumas na internet, as principais são:

Blogger:

O Blogger foi fundado por uma pequena empresa sediada em San Francisco chamada Pyra Labs em agosto de 1999. Ele é um administrador para quem não tem muito conhecimento de internet e programação para a internet. É fácil de operar, acesso e administração via o site do blogger.

Dados:
  • Endereço: http://www.blogger.com
  • Administração: Via o site.
  • Cadastro: Conta do Google.
  • Personalização: sim.
  • URL próprio: sim.
  • Hospedagem própria: sim (com auxílio de exportação no painel).
  • Hospedagem no Blogger: sim (padrão).

Wordpress:

O Wordpress foi lançado em 2003, com poucas pessoas trabalhando, hoje o wordpress conta com milhares de pessoas ao redor do mundo criando ferramentas e aplicativos gratuitamente. O fundador do Wordpress é Matt Mullenweg.

Dados:
  • Endereço: http://www.wordpress.org
  • Administração: enderecodosite/wp-admin ou www.wordpress.com (se o blog for criado e hospedado no wordpress).
  • Cadastro: www.wordpress.com.
  • URL próprio: sim.
  • Hospedagem própria: sim – os arquivos são disponíveis para download.
  • Hospedagem no Wordpress: sim, se criar um blog no wordpress.com.

Drupal:

O Drupal é similar ao WordPress. Os arquivos são disponíveis para download. Existem milhares de temas e aplicativos disponíveis na internet.

Dados:
  • Endereço: http://drupal.org
  • Administração: enderecodosite/admin.html
  • Cadastro: http://drupal.org
  • URL próprio: sim.
  • Hospedagem própria: sim – os arquivos são disponíveis para download.

Mais CMS de blogs podem ser encontrados aqui: http://php.opensourcecms.com/scripts/show.php?catid=2&cat=Blogs

A minha preferência sobre os CMS para blogs é o Wordpress, acho ele muito simples de instalar e fácil para modelar um blog conforme suas necessidades.

Você ainda pode criar seu blog de forma livre com seus próprios códigos. Basta ter um pouco de conhecimento em programação que utilize banco de dados que será fácil de criar, assim com liberdade total para fazer o que bem entender.

A partida:

Escolhido o CMS, você deve ter seu blog pronto e instalado. Com isto daremos os primeiros passos como blogger.

O que primeiramente fazer?
De início muito trabalho e pouco ou nenhum retorno. A frase pode lhe descontentar, porém é a mais pura verdade, o início de um blog não deve ser pensado como retorno imediato. O blog primeiramente deve atingir seu principal foco que é o conteúdo. Logo se atenha a criar conteúdo antes de iniciar a divulgação. Como você sabe seu rumo, já que definiu sobre o que gostaria de escrever, vamos à criação do conteúdo.

Como seus primeiros artigos e textos serão de boas vindas e inicialização, pense no ramo que o blog vai ter e faça os textos com intuito de atingir diretamente o público alvo. Os primeiros textos devem ser os mais atrativos para seu blog, fato que tornará ele conhecido mais rapidamente. A maneira como você escreve influenciará diretamente no seu usuário. Faça com que a primeira vista seja a mais tocante, na forma que ele tenha que voltar a ler seus posts por questão de curiosidade, estimule os sentidos do seu usuário, faça com que ele ter que voltar na próxima semana ou dia para ler a continuação.

O início deve ser contagiante, não pense em ter retorno financeiro, não pense no trabalho que terá, apenas o faça. Nas próximas matérias vou mostrar como divulgar e criar uma relação de socialização para seu blog, e depois de divulgar e conseguir um número considerável de acessos iniciaremos a monetização do seu blog.

Mais sobre: blogs criar blogs dicas
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar