Apple é processada após iPad supostamente causar incêndio em residência nos EUA

A Apple está sendo processada (de novo) por falhas técnicas na bateria do iPad, eletrônico que aparentemente é o responsável por causar dois incêndios, um nos Estados Unidos e outro na Inglaterra.

iPad. (Foto: Oficina da Net).
iPad. (Foto: Oficina da Net).

Neste mês a Apple foi notificada novamente pelo Tribunal Federal dos Estados Unidos após uma residência ter sido incendiada e aparentemente ter como causa falhas técnicas na bateria do iPad, que supostamente teria explodido e iniciado o fogaréu. Não é a primeira vez que a empresa recebe uma notificação judicial após algum tipo de acidente ter sido causado por um de seus produtos.

Causas do incêndio

Michael Macaluso, requerente do processo e dono da casa que foi incendiada, afirma que o acidente foi causado após a bateria do iPad explodir e iniciar o princípio de incêndio que em poucos minutos tomou conta da casa. Segundo informações, o valor do reparo pago pela Allstate Insurance (seguradora) foi superior a US$ 142.000, que na conversão direta equivale a aproximadamente R$ 820.000.

Macaluso ainda alega que não houve nenhum tipo de modificação no dispositivo e que o carregador utilizado era original. Em 2019 a Apple também foi processada por um incêndio com vítima em Nova Jersey, Estados Unidos, supostamente causado por uma falha na bateria do iPad, porém o processo ainda não foi concluído.

Incêndio. (Foto: Reprodução).
Incêndio. (Foto: Reprodução).

Leia também:

Casos recentes

Além do que foi reportado por Michael Macaluso, houve também outro incidente com os eletrônicos da maçã, porém desta vez na Inglaterra. De acordo com os relatos fornecidos por Amy Hall, 17, o carregador do iPhone estava sobre a cama e superaqueceu, iniciando um princípio de incêndio no quarto da jovem, que sofreu queimaduras no rosto ao ter contato com o componente.

Amy compartilhou em suas redes sociais algumas imagens do carregador após ter queimado. É possível observar que o cobertor ficou totalmente destruído. A adolescente também afirma que estava utilizando apenas produtos oficiais da empresa, tanto o cabo lightning quanto a fonte de carregamento.

Carregador do iPhone queimado. (Foto: Reprodução).
Carregador do iPhone queimado. (Foto: Reprodução).

A Apple está investigando a causa do acidente e pede que seus usuários " não carreguem seus iPhones em áreas úmidas ou mal ventiladas" pois isso pode causar superaquecimento do carregador. A empresa também aconselha a verificação regular dos acessórios quanto a danos.

Fonte

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário