A LG pode ser a segunda fornecedora de telas OLED para o iPhone

Até agora, a Samsung era a única fornecedora de telas OLED da Apple, o que resultou no alto valor do iPhone X.

Por | @ingridjank Apple

Com o objetivo de diminuir os custos de seus produtos, a Apple deve receber em breve um segundo fornecedor para as telas usadas em iPhones top de linha. Segundo a Bloomberg, a Apple quer investir nas telas de diodos emissores de luz orgânica e diminuir sua dependência da Samsung Eletronics. Co., que é a única fornecedora de telas OLED para iPhone X.

O assunto é privado por enquanto, e pessoas próximas do assunto conversaram com a Bloomberg e indicaram que esta segunda fornecedora é a LG Display Co., da Coréia do Sul. De começo, seriam de 2 a 3 milhões de unidades oferecidos, para que a Apple possa trabalhar na questão e negociar preços com a Samsung.

Tela OLED da LG. (Foto: The Verge)Tela OLED da LG. (Foto: The Verge)

Além de ter sido a única fornecedora até agora, a Samsung é a principal concorrente da Apple em relação à smartphones. Também é por causa dela que as despesas em telas OLED ocasionaram o alto preço do último iPhone, seguido de uma venda menor do que a expectativa.

Se este acordo acontecer realmente, a ajuda viria para os dois lados, tanto da Apple quanto da LG. Isso porque a empresa da maçã poderia comprar mais da LG para o próximo iPhone que sai no próximo ano e ainda pode aumentar seu número de vendas, que encontra-se baixo. No caso da LG, seria uma nova fonte de receita para seu bolso, pois a companhia também enfrenta uma caída nos preços de telas de cristal líquido.

O analista principal da IHS Markit, Jerry Kang, disse que este acordo é crucial para a Apple, “pois permitirá à empresa reduzir sua dependência da Samsung, que é atualmente o único fornecedor.” Ele ainda acrescenta que ao mesmo tempo, a adoção de telas OLED pode aumentar, e isso significa mais fornecedores, que resultam em mais volume, e assim: menor preço.

Ainda de acordo com a fonte da Bloomberg, as primeiras telas OLED serão usadas em todos os aparelhos do novos modelo de iPhone, pelo menos é o que se espera, mas não há certeza se de fato a Apple conseguirá. O motivo é porque a decisão depende de duas aprovações, e uma delas está prevista para julho. Até lá, aguardaremos mais informações para atualização. 

Fonte: Bloomberg

 

MAIS SOBRE Apple Samsung LG
SHARE
+ Notícias
Comentários
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail