Amazon pode fazer parceria com Azul e entregar produtos no Brasil

O Brasil é um país bastante extenso, por essa razão, a logística das entregas acaba sendo dificultada, além claro, da falta de infraestrutura, que dificulta qualquer entrega.

Por | @oficinadanet Amazon

A Amazon, como bem sabemos, vem aumentando gradativamente a sua presença no Brasil. A empresa já estreou o seu marketplace por aqui e também, recentemente, aplicou R$ 97 milhões na sua filial brasileira. Isso tudo significa que em breve poderemos receber as vendas diretas no país também.

Conforme informações reveladas pela Reuters, a Amazon está em negociação com a companhia aérea Azul para firmar uma parceria que ajudará a empresa no transporte de mercadorias no país. Isso tudo pode ser um indicativo de que as vendas diretas estão mais próximas de acontecer em terras tupiniquins.

  Amazon pode fazer parceria com Azul e entregar produtos no Brasil.         Amazon pode fazer parceria com Azul e entregar produtos no Brasil.       

Leia também:

O Brasil é um país bastante extenso, por essa razão, a logística das entregas acaba sendo dificultada, além claro, da falta de infraestrutura, que dificulta qualquer entrega. Assim sendo, o acordo com a Azul faria com que a Amazon tivesse vantagem sob suas concorrentes em relação as entregas, que chegariam mais rápido aos consumidores brasileiros.

Para completar, a parceria com a Azul faria com que a Amazon tivesse acesso a mais de 100 aeroportos brasileiros. Deste modo, o prazo de entrega deverá diminuir drasticamente em cidades mais distantes de São Paulo, como as regiões Norte e Nordeste.

Os produtos da Amazon, com o auxílio da Azul Cargo Express, devem chegar mais rápido em 3.200 municípios atendidos pela azul cargo e-Commerce. Vale mencionar que o centro de distribuição da Azul está localizado no Aeroporto de Viracopos, cerca de 45 minutos do novo galpão da Amazon.

A Amazon, bem como a Azul, não se manifestaram sobre o assunto. De acordo com a Amazon, a companhia não costuma se manifestar sobre rumores de mercado.

Assim sendo, teremos que aguardar os próximos capítulos para saber mais sobre as possíveis novidades.

MAIS SOBRE Amazon Brasil entregas
SHARE
+ vistos em Amazon
Comentários