Asus Zenfone 5

Review Zenfone 5 - 2018 - um smartphone em busca do incrível

Relançado em 2018, o Zenfone 5 chegou parecido com iPhone X, com novidades em inteligência artificial em excelente custo/benefício;

Por | @nmuller99 Zenfone 5 Nota: 8.7/10

O smartphone tão aguardado por entusiastas até que enfim chegou em terras brasileiras. Lançado em fevereiro na MWC, ele sim podemos dizer que carrega praticamente todas as tendências e novidades de 2018, trazendo uma tela fullvision com poucas bordas, o famoso entalhe do iPhone X, corpo todo revestido por vidro contornado por metal, conjunto duplo de câmeras traseiras posicionadas de forma vertical. Vidro não é uma novidade no design dos smartphones da ASUS, desde o Zenfone 3, que é utilizado esse revestimento.

 

Design

É díficil você não comparar o Zenfone 5 com um iPhone X. Sim, a semelhança não é mera coincidência. A Asus, assim como outras fabricantes leva o telefone da Apple como base para muitas coisas, foi assim desde o lançamento do primeiro iPhone, e será assim até que a Apple consiga trazer novidades para os smartphones. 

A tela do Zenfone 5A tela do Zenfone 5

Particularmente vejo os telefones de vidro com ceticismo. Sinceramente concordo que eles são muito mais belos, porém pecam e muito na fragilidade. "Ah, mas tem Gorilla Glass". Nenhuma proteção até hoje criou um vidro inquebrável, ponto. Os engenheiros trabalham e muito para criar um telefone fino, de boa pegada, para então os usuários se obrigarem a usar uma capa de proteção, tornando ele grande, desengonçado. Enfim, essa é uma preocupação das fabricantes, posso afirmar, pois na sua grande maioria estão enviando capas de silicone junto na caixa. 

Zenfone 5Zenfone 5

O sensor de impressões digitais foi novamente colocado na parte traseira do smartphone, posição boa para alcançar com o indicador, ruim para desbloquear quando o telefone está deitado sob a mesa, mas como a tendência agora é ter tela completa na frente, e ainda não está difundida a tecnologia de leitura de impressão digital na tela, foi uma posição acertada.

Os botões de desligar e volume ficam posicionados na lateral direita do telefone e graças que a Asus não removeu o plug P2 (que na verdade é P3). Junto com o P2, está a entrada USB do tipo C.

Zenfone 5 - lateral e fundoZenfone 5 - lateral e fundo

Botão de desligar

Dimensões do Zenfone 5Dimensões do Zenfone 5Preciso destacar um ponto no botão de desligar. No Zenfone 4, percebi que o botão de desligar estava mais aprofundado, tinha menos altura, com a capa era por muitas vezes difícil de apertar, resolvido isso no Zenfone 5.

Posso garantir que o Zenfone 5 foi o telefone mais bonito que já testei em 2018. Seu acabamento é impecável.

Hardware

O hardware mudou muito em relação ao Zenfone 4? Algumas coisas mudaram, como o conjunto de câmeras, ganhou sensores mais recentes, o som teve um trabalho incrível, a tela que também foi caprichada, além do processador que falo logo mais.

Tela + notch

A tela como foi espichada, FHD+, IPS, de 6,2 polegadas na proporção 19:9, ocupando 90% do display. Ela é protegida por Gorilla Glass. A Asus usou uma tela IPS+, tecnologia que melhora a variação de cor entre cada pixel, gerando imagens com maior nitidez. Esse é um ponto forte do smartphone.

Zenfone 5 tela com notchZenfone 5 tela com notch

Segundo Marcel Campos, em entrevista exclusiva ao Oficina da Net, o notch é empregado justamente para que o usuário possa ter mais tela, os ícones de notificação não ocupam a barra completa, deixando esse espaço todo para o restante. Sinceramente se você tem algum problema com esse entalhe, basta desativá-lo, o sistema vai criar um fundo preto por baixo das notificações, tornando-o quase imperceptível. “Ah mas por que das bordas inferiores então?” É uma limitação da tecnologia IPS, os conectores da tela estão ali. Enfim, o notch está lá, eu sinceramente preferia que não tivesse, por outro lado os ícones de notificações neste espaço liberam tela, e esse é motivo pelo qual o entalhe existe. No meu uso cotidiano, ele mais ajuda do que atrapalha. Tem entalhe, foi copiado da Apple, da Essential ou da Huawei escolhe aí, e ponto.

Voltando a tela, você tem opções de escolher o padrão de cores, ativar o filtro de luz azul, ou deixar que o modo automático, gerido pela inteligência artificial, que vai aprender conforme seu uso, qual melhor esquema de cores para cada tela. Um outro recurso interessante é a tela ficar ligada sempre que identifica um rosto.

Processador, memórias e desempenho

A versão do Zenfone 5 que recebemos para teste vem equipado com 4GB de memória RAM, 128GB de armazenamento interno, expansível através de cartão MicroSD até 2TB.

Existem versões de 4 de RAM, com escolha entre 64 ou 128GB de armazenamento interno.

Em termos de memória RAM, 4GB é na atualidade o que você precisa comprar. 64GB de armazenamento também é o ideal. Menos que isso, já vai dar complicações de falta de espaço logo logo.

O processador é um Snapdragon 636. Em comparação com o 660 da quarta geração, parece que a Asus retrocedeu e pôs um processador inferior, seria isso mesmo? Bem, eles são praticamente idênticos, o que muda são os núcleos e leitura de memória RAM. O 636 conta com 8 núcleos iguais de 1.8GHz, e a velocidade de leitura de memória é menor. Os dois processadores contam com tecnologia Hexagon 680 DSP da Qualcomm, é essa tecnologia que torna o SoC capaz de trabalhar com inteligência artificial. Sim, o processador é um pouco inferior, porém, a ASUS ajustou parte dessa perda de velocidade com o AI Boost. São ações que o smartphone toma, por conta própria para acelerar as tarefas primordiais. Em nossos testes, o Zenfone 5 só equiparou no teste do AnTuTu benchmark. Lembrando que a versão do Zenfone 4 foi de 6GB de memória RAM. Em comparação com o Moto Z3 Play que usa mesmo processador e RAM, o Zenfone 5 perdeu apenas no teste do PC Mark.

Ah, mas e para você o que isso tudo quer dizer? O processador usado pela Asus no Zenfone 5 foi inferior ao Zenfone 4, porém mais recente, com eficiência energética melhor. Mas acredito terem escolhido de forma sábia, por dois motivos, custo menor, consumo de energia menor. E com base nos nossos testes, você não vai notar diferença em telas do sistema, aplicativos e mesmo em games.

Em uma analogia esdrúxula, o 636 é aquele Core I5 novo que chegou para competir com o Core I7 da geração antecessora. Se a ideia foi tornar o produto mais acessível, manter o hardware mais atualizado possível e ainda ganhar em consumo de energia, é um ponto positivo.

Veja o relatório de benchmark:

 

AnTuTu
171.982
139.925
139.251

 

SOM do Zenfone 5

Aqui a Asus gastou um tempo legal para aprimorar a qualidade sonora. São duas saídas de som, uma pela parte de baixo do telefone, outra pelo alto falante de chamadas. Zenfone 4 já era estéreo, no 5 foram colocados novos speakers que podem ser equalizados pelo assistente de som. Sinceramente, o Zenfone 5 foi o melhor som embutido em um telefone que já testamos.

Equalizador sem e com o fone de ouvidosEqualizador sem e com o fone de ouvidos

Esse certamente será um ponto que vai te surpreender. Se você é mais aficcionado por áudio, fique sabendo que o Zenfone 5 tem suporte a som Hi-Res, leia mais sobre, e melhor, agora o novo fone que acompanha o produto também é capaz de reproduzir áudio em alta resolução. O assistente de áudio é cara responsável por personalizações de áudio, escolha de equalizações e demais configurações. Além do fone da ASUS, o Zenfone 5 suporta mais de 400 fones hi-res certificados.

Aí você vai argumentar: Ah, mas eu não sou tão ligado em som assim, escuto minhas músicas no Spotify e deu, o que muda pra mim? Basicamente o som vai sair mais limpo, com maior diferença entre as frequências, resumindo, é um som de alta qualidade, ponto.

Câmeras do Zenfone 5

A Asus trouxe os novos sensores de câmeras da Sony, IMX363, duplo de 12MP. A lente principal com abertura f/1.8, 24mm de distância focal, segundo a Asus equivale a uma lente 35mm em câmeras. Ela conta com 4 eixos de estabilização óptica que ajudam e muito a não sair fotos tremidas, o HDR agradece.

A inteligência artificial empregada também nas câmeras é capaz de detectar até 16 tipos de cenas, além disso, o mais interessante foi ver a evolução das fotos. Chamado de AI Photo Learning, uma espécie de machine learning dentro da câmera, começa a “aprender” com seus hábitos. A próxima foto feita com cena parecida, já terá o efeito aplicado automaticamente. A detecção de cena ajuda o app a escolher a melhor configuração de exposição, balanço de branco, tempo de exposição entre outras. O que muda em relação a uma câmera qualquer em modo automático? Muda que nesses 16 possíveis cenários, existem predefinições de imagens que realmente melhoram as fotos.

A câmera traseira é capaz de produzir bons retratos, aquelas fotos com fundo desfocado. Utilizando a lente wide angle para ajudar, aliado a inteligência artificial que calcula os pontos onde é feito o recorte, as fotos desfocam de forma muito precisa. Por padrão, o fundo é bem desfocado, mas você pode ajustar conforme a sua preferência.

Veja uma galeria de fotos do Zenfone 5:

Zenfone 5 - câmera traseira

A câmera principal é capaz de produzir vídeos em 4K a 30fps, fullhd em 60fps e câmera lenta de 240fps em 720p ou 120fps fullhd.

A segunda lente da câmera traseira é uma wide angle de 120º. Ela tem qualidade inferior da lente principal, mas deixando o smartphone bem posicionado ela fará fotos capturando uma área grande. Funciona similar a uma GoPro.

Câmera frontal

A câmera frontal de 8MP, abertura f/2.0, é um ponto que estou batendo tem algum tempo. A ASUS enviou um update que estará já integrado às unidades em comercialização. Esse update foi fundamental. Se você ver o review dos Zenfones antecessores, poderá notar as fotos da câmera frontal todas esbranquiçadas, parece que o rosto está pálido, mais branco do que deveria ser. Essa é uma característica da câmera para mercado asiático. Por motivos pessoais, o pessoal da Ásia prefere que o rosto seja mais “leitoso”, esbranquiçado. Aqui no Brasil e em países latinos essa tendência torna a foto no mínimo estranha. Depois do update as fotos ficaram bem melhores, o HDR ajuda muito na qualidade final da imagem.

Veja a galeria de fotos com a câmera frontal:

Zenfone 5 - câmera frontal

Seria uma lástima que a câmera frontal fosse um ponto negativo no telefone que melhorou bastante a qualidade de fotos nos últimos tempos. Agora sim, podemos dizer que a câmera frontal está na mesma evolução da traseira. Ela ainda não é, mas está em busca do incrível.

Bateria e tempo de vida

Posso dizer que não tive problemas com a bateria do Zenfone 5. Ela sempre chegou ao final do dia sobrando cerca de 20% ou mais. O período máximo de bateria que consegui chegar foi 2 dias, usando pouco. Usando intensamente ele fez 5 horas e 10 minutos de tela. Lembrando que não fiz ajuste algum, utilizando apenas o modo normal de bateria. Você até consegue uma autonomia maior se utilizar o modo econômico ou Super econômico.

Dica: assista o comparativo do Zenfone 5 com o Moto Z3 Play.

São 3300 mAh na bateria, que na grande maioria das vezes tem como vilã a tela. Por ser grande, ela é a maior consumidora. Você pode otimizar a intensidade de brilho para otimizar, mas cá entre nós, as telas de smartphones só ficam bonitas quando o brilho está ajustado em 50% ou mais.

Eu sinceramente parei de reclamar de baterias. Elas devem durar sim pelo menos 10 horas em uso moderado a intenso. O uso habitual das pessoas é carregar todo o dia, se a autonomia dela for suficiente até você ir dormir, não há do que reclamar.

  • Em vídeo
    14:10h
  • Capacidade
    3300 mAh
  • Em carga
    01:30h
  • Tempo de tela
    05:10h

O carregador que acompanha o produto é rápido, mas não tanto. Apenas 10W, ele é capaz de gerar 35% de carga em 30 minutos e leva cerca de 1 hora e meia para completar os 100%. Essa velocidade de carga satisfaz a grande maioria dos usuários.

Desbloqueio facial

Um recurso que o Zenfone 5 traz é o desbloqueio facial, ele reconhece o rosto e destrava o aparelho sem necessidade de usar senha ou impressão digital. Até mesmo em ambientes mais escuros a tela liga e dá um jeito de reconhecer seu rosto. Como ele não conta com recursos infravermelhos como no iPhone X, usa apenas a câmera frontal, a segurança pode não ser a melhor, mesmo assim, é um excelente recurso e facilita bastante.

Confira agora as especificações completas do Zenfone 5:

 

Marca ASUS Samsung Motorola
Processador Qualcomm Snapdragon 636 Exynos 7 Octa 7885 Qualcomm Snapdragon 636
GPU Adreno 509 Mali-G71 MP20 Adreno 509
Memória RAM 4 GB 4 GB 4 GB
Armazenamento Interno 128 GB e 64 GB 64 GB 64 GB
Armazenamento Extra 2 TB 256 GB 2 TB
Câmera Frontal 8 MP 16 MP e 8 MP (Dulpa) 8 MP
Câmera Frontal - Abertura F/2.0 F/1.9
Câmera Traseira 12MP e 12MP (Dupla) 16 MP 12MP e 5 MP
Câmera Traseira - Abertura F/1.8 F/1.9 e F/1.7 F/1.7 e F/2.2
Câmera Slow Motion 720p@240fps e 1080p@120fps
Vídeo 4K - 30 fps Full HD - 30 fps 4K - 30 fps
Display - Tamanho 6,2" 5,6 6"
Display - Tecnologia Super IPS Super AMOLED Super AMOLED
Display - Proteção Corning Gorilla Glass 3 Corning Gorilla Glass 3 Corning Gorilla Glass 3
Display - Resolução 2160 x 1080 2220 x 1080 2160 x 1080
Sistema operacional Android 8.0 Oreo Android 7.1.1 Android 8.1 Oreo
Bateria 3300 mAh 3000 mAh 3000 mAh
Proteção IP68 Não tem IP68
AnTuTu 139925 116732 116039
Peso 155 g 172 g 155 g
Câmera - HDR
Câmera - estabilização ótica
3G
4G
Bluetooth
GPS
NFC
Wi-Fi
DLNA
Rádio FM
TV Digital
Acelerômetro
Bússola
Flash
Giroscópio
Sensor de proximidade
Vibração
Viva Voz
Sensor de impressão digital
Detecção facial
Barômetro

 Veja: o comparativo de hardware do Zenfone 5 com o Galaxy A8.

 

Software

Prints da ZenUI 5.0Prints da ZenUI 5.0

A ZenUI 5 passou por poucas modificações gráficas em relação a 4. Algumas novidades foram trazidas pela ASUS em conjunto com o Android Oreo, vou listar aqui:

  • Levante para ver notificações: ao movimentar da posição deitado para em pé, as notificações são apresentadas na tela
  • Arrastar o dedo no sensor de digitais para ver as notificações
  • Modo bolso: quando smartphone está em local escuro, como no bolso, ele não reage a toques na tela, para evitar toques acidentais
  • Desbloqueio por face: agora você pode usar o rosto para desbloquear a tela

Recursos de inteligência artificial empregadas no software:

  • Carregamento por IA: vai ajustar a potência de carregamento do telefone conforme cargas anteriores. Exemplo: Se você costuma carregar durante a noite toda, o carregador vai enviar mais lentamente a energia para a bateria. Isso vai ajudar a não aquecer ela, melhorando a longo prazo a vida útil.
  • Tela sempre ligada ao detectar a face: quando seu rosto estiver apontado para a tela, ela permanecerá ligada, não é algo que precise de inteligência artificial, mas enfim, foi classificado assim.
  • Toque sonoro IA: O smartphone detecta o ambiente que você está conforme o ruído, e aumenta ou diminui o volume do toque automaticamente, para evitar volumes extremos.

Ainda existem os recursos Twin Apps, para duplicar contas em apps como Facebook, Instagram, Messenger, Telegram, Twitter, WhatsApp, foi agora amplificado para contas no Google como Play Jogos e Youtube.

Como eu disse, a ZenUI 5 não mudou tanto assim para a 4, não em termos estéticos. É uma interface que vi a evolução constante.

Ah, mas existem launchers mais limpas… Ninguém está te obrigando a usar. Gostou do Zenfone pelo seu aspecto de hardware e design, instala outra interface. Eu confesso que não faria isso, as modificações básicas que faço quando pego um telefone são colocar todos os apps que uso constantemente na tela inicial, aumentar a grade de ícones para 5x5 e instalar o teclado Swift (preferência minha). De resto, todas as interfaces vão oferecer recursos de destravamento por digitais, detecção facial que é mais recente, troca de wallpaper, e etc.

Veredicto

O meu veredicto se baseia no uso, no hardware e performance e design do aparelho. Vejamos os pontos fortes e fracos do telefone, aliado ao preço que acabou de sair, você pode analisar e comentar no vídeo se vale a pena.

Zenfone 5Zenfone 5

Pontos fortes:

  • Tela: Comprando o Zenfone 5 você terá uma tela fantástica, sem dúvidas está entre as 3 melhores telas IPS que já usei;
  • Som: um sistema de som para dar inveja a muitas caixinhas bluetooth;
  • Câmeras: sem deixar de mencionar o principal, conjunto de câmeras do smartphone, principalmente na traseira;
  • Performance: Por não se tratar de um topo de linha, o Zenfone 5 se saiu super bem em relatórios de performance e merece um ponto forte.

Pontos fracos:

Com relação aos pontos fracos:

  • O item que eu particularmente vejo como ruim é ele ser revestido todo em vidro, sei que coloquei como ponto forte pois é desejo da grande maioria das pessoas, não o meu. Eu não gosto de usar capas no telefone, mas você vai investir dinheiro no aparelho, certamente vai precisar de alguma proteção extra para ele.

Pontos nem fortes, nem fracos

E os pontos que não foram decepcionantes, nem se destacaram:

  • A bateria por mais que dure um dia, ela fica nesse meio termo entre não ser ruim e também não ser diferenciada.
  • O notch: era uma implicância minha, por ignorância e por achar cópia do iPhone, sim foi cópia do iPhone. Mas a ideia por trás do notch é válida e ajuda no dia a dia. Então, ele superou meu preconceito.
  • ZenUi: apesar do esforço grande em termos de inteligência artificial, a ZenUI não trouxe muitas novidades. Sim, a IA empregada é ótima e creio que deva ajudar o telefone se manter mais tempo sem necessidade de troca. A interface da Asus deixou de ser um ponto negativo lá no Zenfone 3.

 

NOTA OFICINA DA NET

8.7

ASUS Zenfone 5

Prós
  • Tela
  • Som
  • Câmeras
  • Performance
Contras
  • Falta de originalidade no design

E aí, o que achou do novo Zenfone 5? Comente abaixo. 

Relacionado
Comentários
Carregar comentários