Xiaomi anuncia cama elétrica e campanha de crowdfunding para o produto

A cama poderia se moldar em diversas posições para diferentes usos, desde leitura, dormir, jogar e assistir TV, por exemplo.

Por Xiaomi Pular para comentários
Xiaomi Smart Eletric Bed - Imagem promocional Xiaomi
Xiaomi Smart Eletric Bed - Imagem promocional Xiaomi

E a Xiaomi ataca novamente com o anúncio de mais um produto "inteligente" no cotidiano, uma cama elétrica e inteligente, nomeada de "8HMilan Smart Eletric Bed". Logo será possível mobiliar e equipar uma casa inteira apenas com produtos Xiaomi. Já temos aquário, cozinha portátil, escovas de dentes elétricas, patinete, telescópio, mala, privada, vassoura e tantos outros futuros produtos com as mais diversas funções e de diferentes categorias.

Essa cama inteligente foi anunciada no dia 29 de novembro, junto com a abertura de financiamento coletivo para o desenvolvimento do produto. O financiamento ocorre no Youpin, plataforma de crowdfunding da própria empresa chinesa.

A cama permite que o usuário ajuste a altura do colchão, assim como a inclinação, servindo até mesmo como uma poltrona. A ideia é fazer uma cama multifuncional e da maneira mais maleável possível. Existem dois motores traseiros que controlam tanto a parte superior como inferior da cama, permitindo uma angulação de até 60 graus na dianteira e 30 graus traseiro. O sistema já vem com 5 modos predefinidos: plano, anti-ronco, leitura, TV e gravidade zero.

Anunciada no Youpin, plataforma de financiamento aberto da própria marca, a cama permite que o usuário realize o ajuste de altura e inclinação do colchão afim de encontrar a posição mais confortável para fazer suas atividades, de dormir e assistir TV a ler e jogar, por exemplo.

É ainda possível controlar a cama pelo aplicativo Mijia e pelo controle físico do produto. A cama é fruto de uma combinação de fibra de vidro e liga de aço, com cabeceira que imita couro, tudo de alta resistência. A cama permitiria até uma tonelada em dividida em sua superfície e garante 10 anos de uso ininterrupto.

O financiamento deverá começar amanhã, terça-feira (03/12), e deverá custar cerca de R$1.200, em conversão atual e desconsiderando impostos.

Leia também: Os 10 melhores celulares para jogos. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários