WhatsApp testa recurso de fotos autodestrutivas

O WhatsApp planeja trazer novo recurso tanto para Android e iOS, mas não há informações sobre quando o recurso chegará para todos. Eu já vi isso em algum lugar!

WhatsApp testa recurso de fotos autodestrutivas para proteger sua privacidade
WhatsApp testa recurso de fotos autodestrutivas para proteger sua privacidade

O WhatsApp ultimamente tem atraído publicidade negativa sobre suas políticas de privacidade atualizadas que permitem o compartilhamento de dados do usuário com o Facebook e, apesar do prazo final ter sido estendido para 15 de maio, as novas políticas não foram alteradas.

Agora parece que a empresa está trabalhando em um recurso que foca na privacidade do usuário, a ideia é proteger o conteúdo compartilhado reduzindo assim incidentes de violação da privacidade. Isso é um tanto quanto irônico, certo? O WhatsApp está testando um recurso que irá autodestruir fotos compartilhadas com alguém após um curto intervalo de tempo.

Recurso chegará para para Android e iOS

O WABetaInfo compartilhou capturas de tela de um recurso em desenvolvimento que irá autodestruir fotos em um bate-papo. O rastreador de atualização do WhatsApp observa que essas fotos autodestrutivas não podem ser importadas ou copiadas do bate-papo. No entanto, o WhatsApp aparentemente não implementou um recurso que impeça a pessoa do outro lado de capturar de tela antes que o cronômetro termine e a foto desapareça.

Uma das capturas de tela sugere que, se os usuários saírem de um bate-papo em andamento no qual uma foto autodestrutiva foi compartilhada, eles não poderão mais vê-la quando voltarem. Haverá um contador que aparecerá no lado esquerdo da caixa de texto. No entanto, não há informações sobre a duração em que uma ou mais fotos permaneçam visíveis antes de serem excluídas.

O WhatsApp já tem um recurso semelhante chamado de autoexclusão de mensagens, mas só exclui uma conversa após um período de 7 dias. Até então, a pessoa do outro lado pode ver todo o texto e mídia que você compartilhou, salvá-los localmente em seu celular e também fazer capturas de tela.

O Telegram tem esse recurso desde 2017

O recurso é muito bem vindo, mas parece chegar meio tarde, afinal o Telegram, principal rival da plataforma de mensagens do Facebook, oferece um recurso semelhante, arrisco dizer melhor, para fotos e vídeos autodestrutivos desde 2017. Além disso o Telegram inclui um recurso de detecção de captura de tela que notificava o usuário do outro lado se a pessoa tentar fazer uma captura de tela.

Na realidade uma vez dentro de um chat secreto no Telegram, tudo pode ser definido como autodestrutivo, textos, fotos, vídeos e áudios, o cronômetro de autodestruição variando de 1 a 15 segundos, 30 segundos, 1 minuto, 1 hora, 1 dia ou uma semana inteira.

Agora é aguardar para saber quando o recurso estará disponível para os usuários do Whatsapp no Android e iOS.

POCO M3: Celular de 6000mAh por apenas R$1200, vale a pena? - Review/análise

Mais um smartphone baratinho passa aqui pela redação do Oficina da Net. O Poco M3, da Xiaomi, é uma boa opção para quem quer um aparelho de baixo custo e ótimo benefício. Vale a pena comprar? Confira o review desse smartphone com incríveis 6000mAh de bateria, conjunto triplo de câmeras na traseira e um design lindíssimo.

Comentários

Conteúdo relacionado

Xiaomi Poco M3 review: Bateria de 6000mAh por apenas R$1200 - Vale a pena?
Smartphones

Xiaomi Poco M3 review: Bateria de 6000mAh por apenas R$1200 - Vale a pena?

Mais um smartphone baratinho passa aqui pela redação do Oficina da Net. O Poco M3 é uma boa opção para quem quer um aparelho de baixo custo e ótimo benefício. Vale a pena comprar?

Telegram ganha links de convite personalizáveis e mensagens autodestrutivas
Telegram

Telegram ganha links de convite personalizáveis e mensagens autodestrutivas

Na noite passada (23) o Telegram liberou mais uma atualização para sua plataforma de mensagens instantâneas! Confira as novidades!

WhatsApp explica o que acontece caso você não aceite as novas regras
WhatsApp

WhatsApp explica o que acontece caso você não aceite as novas regras

Mesmo com muita polêmica, o WhatsApp manteve a decisão que muda os termos de privacidade, e quem não aceitar essas novas regras deixarão de usar recursos importantes do aplicativo. Entenda!

Whatsapp segue perdendo mercado, mas é o suficiente para você deixar de usar?
WhatsApp

Whatsapp segue perdendo mercado, mas é o suficiente para você deixar de usar?

À polêmica política de privacidade do Wahtsapp segue atrapalhando os planos de Zuckerberg. O Signal vem registrando um aumento expressivo de instalações, assim como o Telegram. E você segue no Whatsapp? Vai usar aqui no Brasil o Whatsapp Pay?

WhatsApp testa reprodução de áudio em velocidades diferentes
WhatsApp

WhatsApp testa reprodução de áudio em velocidades diferentes

O WhatsApp enviou uma nova atualização por meio do Programa TestFlight Beta que mostra que a empresa está testando diferentes velocidades de reprodução de áudio.

WhatsApp está trabalhando para trazer um recurso de proteção para os backups da Nuvem
WhatsApp

WhatsApp está trabalhando para trazer um recurso de proteção para os backups da Nuvem

O WhatsApp vem trabalhando para trazer novidades no aplicativo e atrair os usuários que migraram para outros apps, como Signal ou Telegram, por exemplo.

WhatsApp: mesmo após polêmica, a nova política de privacidade entrará em vigor
WhatsApp

WhatsApp: mesmo após polêmica, a nova política de privacidade entrará em vigor

O WhatsApp não voltou atrás de sua decisão, e embora tenha adiado a data de início, a nova política de privacidade será adotada mesmo após rejeição pública. Entenda!

WhatsApp começa a enviar diversas mensagens via
WhatsApp

WhatsApp começa a enviar diversas mensagens via "status" para seus usuários

Facebook decide realizar uma campanha de esclarecimento para os usuários do WhatsApp enviando mensagens via "status" para os usuários de seu app de mensagens instantâneas.

Lembra dele? ICQ voltou a ser procurado após polêmica do WhatsApp
WhatsApp

Lembra dele? ICQ voltou a ser procurado após polêmica do WhatsApp

Depois que o WhatsApp anunciou novas regras nos seus termos de uso, os usuários recorreram para o Telegram, Signal e até o nostálgico ICQ voltou a ser popular. Confira!