Vivo libera WhatsApp no pré-pago e controle sem descontar da franquia

Operadora liberou nos planos pré-pago e controle o acesso ilimitado ao WhatsApp desde a última sexta-feira (06).

Por | @fsbeling Vivo

A Vivo incluiu acesso ao aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp nos planos Vivo Turbo e Controle sem descontar da franquia de forma automática, ou seja, o benefício foi concedido ao usuário sem necessidade de ativação. A estratégia foi adotada pela operadora para acompanhar as ofertas das operadoras Claro e TIM.

Desde a última sexta-feira (06), a Vivo liberou nos planos pré-pago e controle o acesso ilimitado ao WhatsApp. Com isso, o envio de mensagens de texto pelo mensageiro, assim como de voz (áudios), de fotos e vídeos não são descontados da internet contratada. Por outro lado, já as chamadas de voz, de vídeo e acesso a links externos permanecem consumindo sua franquia.

WhatsApp ilimitadoWhatsApp ilimitado

Operadoras como a TIM, Claro e Nextel Happy oferecem WhatsApp ilimitado já há alguns anos. Entretanto, além do WhatsApp, as operadoras TIM e Claro também acabaram por incluir outros aplicativos sem descontar da franquia. O plano TIM Pré oferece acesso ilimitado também ao Facebook Messenger, em que está incluso o envio de mensagens, áudios, vídeos, imagens e chamadas de voz.

Leia também:

Já no plano TIM Controle, a operadora oferece também acesso ao Facebook Messenger, Telegram, Waze e Easy Táxi. No Tim Black (pós), os clientes contam com acesso ilimitado Facebook Messenger, Telegram, Facebook, Instagram, Twitter, Waze e Easy Táxi - a partir do plano de 10 GB, além, é claro, do WhatsApp.

Os planos da Claro, tanto o Pré, Controle e Pós oferecem o aplicativo WhatsApp a vontade para mensagens, vídeos, áudios e imagens, porém, não inclusas as chamadas por voz ou vídeo até que não for consumida a franquia contratada. A navegação promocional é bloqueada caso isso ocorra.

A Nextel Happy permite acesso ilimitado ao WhatsApp, Telegram e Messenger. Vale ressaltar que até o momento a operadora Oi não conta com WhatsApp incluso.

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) ressalta que o Marco Civil da Internet não proíbe “arranjos comerciais entre provedores de acesso à internet e provedores de aplicação”. Sendo assim, no ano passado, o órgão determinou que o WhatsApp sem descontar da franquia não viola a neutralidade de rede.

MAIS SOBRE vivo claro TIM
SHARE
Comentários
Destaquesver tudo
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail