Testamos o Filmora - um editor de vídeos

Estaria o Filmora disposto a fazer você esquecer outros editores de vídeo que são caros e pesados? É o que vamos descobrir a seguir.

Por | @marciobohrer Vídeos

Independente se você trabalha com produção audiovisual ou é um aventureiro de fim de semana, em algum momento você vai precisar de um editor de vídeos confiável e estável. Nestes anos todos trabalhando com tecnologia, compreendi que, em praticamente tudo na vida, o melhor produto, o melhor gadget e o software mais indicado para você é aquele do qual você se adaptou melhor e tem mais conhecimento sobre.

Então é completamente possível realizar trabalhos excelentes com softwares que fogem da moda, assim como é possível realizar uma ótima filmagem sem utilizar uma câmera de cinema, não acha?

Pensando nestas alternativas que compensam, vamos conferir hoje o que o Filmora - um software de edição da WonderShare - tem para nos oferecer em soluções para criação e edição e filmes. O link para download do programa você encontra clicando aqui.

Com o programa instalado, temos um visual limpo, de fácil entendimento e visualização. A aparência é semelhante a grande maioria dos programas de edição convencionais.

Há uma barra de opções e ferramentas imediatamente acima da timeline - local onde jogamos as trilhas, clipes, imagens, efeitos e textos que vamos usar para construir nosso filme.

 

Leia também:

Você seleciona os cliipes que vai usar para fazer o vídeoVocê seleciona os cliipes que vai usar para fazer o vídeo

Antes de começar qualquer projeto é preciso importar os arquivos para o programa. Bem na esquerda, fica um menu de acesso rápido dentro de cada aba.

Por exemplo, na aba Multimídia, posso selecionar arquivos que eu gravei, utilizar cores já disponibilizadas pelo software ou então utilizar vídeos de exemplo, também cortesia do Filmora.

A visão geral do FilmoraA visão geral do Filmora

Apenas para completar o exemplo, se desejo escolher uma música para inserir em meu vídeo, além das miniaturas no quadro de visualização, na lateral dá para ver separação por categorias.

Boas músicas para escolherBoas músicas para escolher

Na hora de editar, a “agulha” da timeline também serve como a ferramenta de corte, então para fazer edições no clipe que você. Na minha timeline, adicionei uma contagem regressiva antes do vídeo iniciar, uma trilha, transições, título, GC com meu nome e créditos. São pelo menos 178 transições; 137 opções de títulos, textos e créditos; 51 músicas; 149 filtros; 87 efeitos de sobreposição; 127 sticks para colar sobre as imagens e 20 opções de divisão da tela (para inserir várias câmeras simultaneamente).

 

É possível comprar também pacotes de efeitos, músicas, filtros e tudo mais através da loja da Filmora.

Exportando

Com o projeto finalizado é hora de exportar. Na versão de testes, infelizmente, o programa insere uma marca d’água generosa no vídeo final, mas podemos dizer que este é o preço por não desembolsar nenhum valor para usar o Filmora. Deixando esta parte de lado, você pode escolher entre os formatos mais tradicionais (MKV, MP4, AVI, MOV e WMV); a definição vai depender da qualidade que você deseja para o produto final. Isso falando apenas de formatos para computador. Também dá para exportar o vídeo especificamente para dispositivos móveis, diretamente no Youtube, Facebook, Vimeo ou gravar em um DVD.

Diversas formas de exportar o vídeo finalizadoDiversas formas de exportar o vídeo finalizado

Para tirar a marca d’água dos vídeos, é preciso adquirir uma licença de uso do Filmora. Os valores vão de R$ 143,99 ao ano para um computador a R$ 215,99 pela licença vitalícia.

Gostei

Gostei da quantidade de opções em músicas, filtros, estilo de texto e créditos dispostos no Filmora. Com pouco tempo de uso já dá para criar uma boa linha do tempo com vídeos, fotos de trabalho, lazer e descontração. Os presets de títulos são realmente bons e criativos (algo que levaria mais tempo para criar nos programas tradicionais); o mesmo serve para as animações aplicadas aos textos e também nas inúmeras opções de transições.

O visual é ótimo, precisando pouco tempo para que você encontre o que precisa e pegue o “jeito” do negócio. Imagino que com um pouco mais de tempo utilizando o Filmora, bons trabalhos poderiam ser desenvolvidos.

E caso você esteja disposto a fazer a assinatura, dá para parcelar em até 6x através do Paypal.

Valores divididos mensalmente, ficam com valor em contaValores divididos mensalmente, ficam com valor em conta

Não gostei

Apesar da simplicidade de usar e compreender, o Filmora não pode ser comparado ao leque de ferramentas, opções e efeitos disponibilizados por softwares profissionais. Se para quem está começando quanto menos complicação, melhor, para quem já tem certo conhecimento, a falta de ferramentas básicas e até atalhos de teclado pode incomodar.

Veredito

O Filmora é um bom editor de vídeos para quem não trabalha com produções audiovisuais tão elaboradas, eu utilizaria o programa para um vídeo simples, familiar ou acadêmico. Gostei muito dos presets de títulos e créditos presentes no programa, mas o valor pago por ele, se não for utilizado com mais frequência, acaba sendo inviável.

Agora, se você não quer pagar absurdos por editores complicados, mas gostaria de ter uma opção legal instalada no PC, o Filmora entra na lista de boas opções alternativas.

Últimas em Wondershare
    + vistos em Vídeos
    Comentários