Telegram fecha parceria com ZCore para envio de criptomoeda brasileira

O aplicativo de mensagens russo agora permite realizar transações de criptomoeda, passando na frente do rival WhatsApp.

Por | @ingridjank Telegram

O app que recentemente atingiu a marca de 200 milhões de usuários em um mês, o Telegram, entrou na nova moda do blockchain e vai lançar sua criptomoeda neste ano. De começo, sua ICO (“oferta inicial de moeda”) deve arrecadar até UR $ 500 milhões. Disponibilizado pela criptomoeda brasileira Zcore, agora o mensageiro possibilitará enviar e receber dinheiro pelo aplicativo.

A moeda foi desenvolvida pelo criador do ZapZap, aplicativo brasileiro alternativo ao WhatsApp, e circula por meio do bot @ZCoreBot no Telegram. Está disponível para Android e iOS, e permite criar uma carteira virtual, consultar o saldo e enviar e receber valores rapidamente. A moeda pode ser manejada da mesma maneira que o bitcoin, sendo assim, pode ser usada para transações e ser convertida em dinheiro comum.

A moeda circula por meio do bot @ZCoreBot no Telegram. (Foto: ZCore)A moeda circula por meio do bot @ZCoreBot no Telegram. (Foto: ZCore)

Com isso, o mensageiro russo quer ganhar vantagem sobre o rival WhatsApp, que também começou a testar a mesma tática. O Telegram ainda pretende ultrapassar os 200 milhões de usuários neste ano e levantar dinheiro para ajudar a melhorar a plataforma que usará o blockchain.

A moeda ZCore possui algumas vantagens em relação à tecnologia do bitcoin, pois ela opera com o recurso InstaSend, que confirma as transações de modo mais rápido, graças aos servidores Masternodes. Esses servidores atuam de forma que agiliza a verificação, que normalmente leva horas para ser processada pela rede. O propósito é oferecer facilidade na hora de transferir dinheiro sem precisar de um banco.

Segundo o desenvolvedor líder da criptomoeda, Erick Costa, a ZCore serve para “levar vantagens da blockchain aos usuários que ainda não entenderam como funciona esse mundo, e até agora, ficaram de fora da revolução das moedas digitais”. Assim, o usuário poderá comprar ZCores em corretoras que negociam criptomoedas, e pelo Telegram, enviar o dinheiro de forma rápida para outros países, por exemplo.

Sendo assim, para obter esta moeda, é preciso adquiri-la online em serviços de corretoras (exchanges). Assim que forem obtidas, é possível movê-las para a carteira do bot e então usar o aplicativo Telegram para transferi-las. A carteira móvel ficará atrelada à conta do Telegram, então ela pode ser acessada em qualquer dispositivo logado, até o computador. O desenvolvedor também planeja lançar API de pagamentos própria, e assim a moeda poderá ser usada em lojas online.

Leia também:

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
RecomendadoEnquete
Qual navegador você usa?
Chrome(62,61%)
Edge(14,84%)
Firefox(9,79%)
Opera(7,12%)
Safari(5,64%)
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar