Telegram fecha parceria com ZCore para envio de criptomoeda brasileira

O aplicativo de mensagens russo agora permite realizar transações de criptomoeda, passando na frente do rival WhatsApp.

Por Telegram Pular para comentários
Telegram fecha parceria com ZCore para envio de criptomoeda brasileira

O app que recentemente atingiu a marca de 200 milhões de usuários em um mês, o Telegram, entrou na nova moda do blockchain e vai lançar sua criptomoeda neste ano. De começo, sua ICO ("oferta inicial de moeda") deve arrecadar até UR $ 500 milhões. Disponibilizado pela criptomoeda brasileira Zcore, agora o mensageiro possibilitará enviar e receber dinheiro pelo aplicativo.

A moeda foi desenvolvida pelo criador do ZapZap, aplicativo brasileiro alternativo ao WhatsApp, e circula por meio do bot @ZCoreBot no Telegram. Está disponível para Android e iOS, e permite criar uma carteira virtual, consultar o saldo e enviar e receber valores rapidamente. A moeda pode ser manejada da mesma maneira que o bitcoin, sendo assim, pode ser usada para transações e ser convertida em dinheiro comum.

A moeda circula por meio do bot @ZCoreBot no Telegram.
A moeda circula por meio do bot @ZCoreBot no Telegram. (Foto: ZCore)

Com isso, o mensageiro russo quer ganhar vantagem sobre o rival WhatsApp, que também começou a testar a mesma tática. O Telegram ainda pretende ultrapassar os 200 milhões de usuários neste ano e levantar dinheiro para ajudar a melhorar a plataforma que usará o blockchain.

A moeda ZCore possui algumas vantagens em relação à tecnologia do bitcoin, pois ela opera com o recurso InstaSend, que confirma as transações de modo mais rápido, graças aos servidores Masternodes. Esses servidores atuam de forma que agiliza a verificação, que normalmente leva horas para ser processada pela rede. O propósito é oferecer facilidade na hora de transferir dinheiro sem precisar de um banco.

Segundo o desenvolvedor líder da criptomoeda, Erick Costa, a ZCore serve para "levar vantagens da blockchain aos usuários que ainda não entenderam como funciona esse mundo, e até agora, ficaram de fora da revolução das moedas digitais". Assim, o usuário poderá comprar ZCores em corretoras que negociam criptomoedas, e pelo Telegram, enviar o dinheiro de forma rápida para outros países, por exemplo.

Sendo assim, para obter esta moeda, é preciso adquiri-la online em serviços de corretoras (exchanges). Assim que forem obtidas, é possível movê-las para a carteira do bot e então usar o aplicativo Telegram para transferi-las. A carteira móvel ficará atrelada à conta do Telegram, então ela pode ser acessada em qualquer dispositivo logado, até o computador. O desenvolvedor também planeja lançar API de pagamentos própria, e assim a moeda poderá ser usada em lojas online.

Leia também: As 10 maiores redes sociais em 2019. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários