Conheça três grandes plataformas da Microsoft para o seu Home Office

Com a pandemia de Coronavirus, os governos e as empresas decidiram que todos os trabalhadores devem ficar em casa em quarentena. Assim, muitas companhias acabaram aderindo ao Home Office. Conheça 3 plataformas da Microsoft voltadas para isto.

Imagem ilustrativa de Home Office. Fonte: Microsoft
Imagem ilustrativa de Home Office. Fonte: Microsoft

Com o aumento cada vez maior de surtos do Coronavirus (COVID-19) em diversas regiões do país, o Governo Federal, os Gonvernos Estaduais e Municipais estão em um esforço constante para conter a pandemia. Uma das principais medidas de contenção que está sendo utilizado é a quarentena, onde as pessoas são orientadas a ficarem em suas casas para que o vírus não continue a se disseminar. Por conta disso, diversas empresas passaram a realizar suas atividades (ou parte delas) em casa, instituindo para os seus funcionários o Home Office.

Neste artigo falaremos de opções de programas para se utilizar no Home Office e facilitar o trabalho e a comunicação com a equipe da empresa. Entretanto, focaremos somente nos softwares desenvolvidos pela Microsoft, que são amplamente utilizados por escritórios do mundo todo e você entenderá o porquê agora. Mas antes de falarmos neles, é necessário compreender o que de fato é um Home Office.

O que é o Home Office

Um Home Office nada mais é do que uma estação de trabalho em casa, onde geralmente há um computador, papeis de documentos e uma conexão com a internet. Na maioria das vezes evita-se a utilização de papeis, hoje em dia muitos materiais são utilizados somente em sua forma digital, para facilitar o envio, a edição e a análise. Para auxiliar nestes processos e na comunicação com a equipe de trabalho da empresa, são utilizados softwares específicos que ajudarão a organizar melhor os afazeres, o trabalho em equipe e a troca de ideias.

OneDrive - O Armazenamento de arquivos em nuvem da Microsoft

Imagem ilustrativa do Microsoft OneDrive. Fonte: groovypost
Imagem ilustrativa do Microsoft OneDrive. Fonte: groovypost

Lançado no ano de 2007 com o nome de SkyDrive, o OneDrive é um serviço de armazenamento de arquivos na nuvem. Basicamente você realiza o upload de arquivos que ficam armazenados nos servidores da Microsoft, que por sua vez estão conectados à internet, ou seja, você terá acesso aos seus dados de qualquer dispositivo que tenha acesso a internet. Atualmente, a desenvolvedora do Windows oferece 5GB gratuitos para que você faça o upload de arquivos, porém, caso você adquira, por exemplo, o Office 365 Personal, você terá direito a 1TB para armazenamento.

O OneDrive permite compartilhar e sincronizar arquivos com computadores (Windows ou macOS, celulares (Android ou iOS), consoles (Xbox 360 e Xbox One), ou seja, você pode alterar um arquivo e acessá-lo em outro dispositivo com as modificações realizadas, pois tudo é sincronizado. Dentro da plataforma de armazenamento de dados na nuvem, há o Office Online, que é uma plataforma que inclui gratuitamente o Microsoft Word, Excel, Power Point e OneNote (bloco de notas). Embora a versão online do pacote Office seja limitada, ela permite que sejam criados, editados e compartilhados textos, planilhas, apresentações multimidia e anotações com a equipe de trabalho.

Toda a criação, edição e compartilhamento, citados acima, podem ser feitos de forma conjunta. Ou seja, é possível que mais de uma pessoa edite um mesmo arquivo para adicionar informações extras e elaborar um documento mais completo de maneira mais eficiente.

Skype - Chamadas por vídeo e voz

Imagem ilustrativa do Skype. Fonte: integreti
Imagem ilustrativa do Skype. Fonte: integreti

Lançado em 2003, o Skype foi criado pelos suecos Niklas Zennström e Dane Janus Friis. Inicialmente o software de comunicação pela internet não pertencia a Microsoft, ele foi comprado primeiramente pelo eBay em 2005 e só depois em 2011 que o programa de chamadas de áudio e vídeo foi adquirido pela desenvolvedora do Windows. Seu funcionamento consiste em permitir que os usuários se comuniquem de três formas: por texto (através de mensagens instantâneas), por voz (através de ligação) e por vídeo (streaming feito através da utilização de uma câmera e um microfone).

No Skype é possível ter um número de telefone local para permitir ligações em qualquer região do mundo, inclusive é possível ligar utilizando o programa para celulares normalmente. Além disso, o software de comunicação ainda permite o compartilhamento de telas, legendas ao vivo (para entender melhor o que está sendo falado), gravação de chamadas, print screen de imagens durante as ligações por vídeo, exibição de duas conversas distintas em diferentes telas, entre outras.

O Skype está disponível para computadores (Windows, macOS e Linux), tablets, consoles (Xbox 360 e Xbox One) e Amazon Echo.

Microsoft Teams - Plataforma unificada de comunicação e colaboração

Imagem ilustrativa do Microsoft Teams. Fonte: pcworld
Imagem ilustrativa do Microsoft Teams. Fonte: pcworld

Lançado no final do ano de 2016, o Microsoft Teams veio para concorrer com o Slack. Atualmente com mais de 44 milhões de usuários (Slack tem em torno de 12 milhões), a plataforma unificada de comunicação e colaboração consegue combinar um sistema de bate-bapo voltado para empresas com videoconferências, armazenamento de arquivos na nuvem e uma integração de diversos aplicativos da Microsoft. O software é capaz de integrar todo o trabalho da equipe com o pacote Office 365, além de conseguir se comunicar com produtos que não são desenvolvidos pela empresa (confira a lista aqui).

O Microsoft Teams pode ser utilizado de forma gratuita ou paga, entretanto, grande parte de suas funcionalidades é possível aproveitar em sua versão grátis. Na versão sem custos da plataforma, a empresa terá 10GB de armazenamento de dados na nuvem, 2GB de armazenamento por usuário nos anexos de arquivos no chat, limite de 300 usuários, chamadas de áudio e vídeo com compartilhamento de tela, versão online do pacote Office (Word, Excel e Power Point). Já na versão paga, a companhia tem acesso ao Office 365, 1TB de armazenamento de dados na nuvem, 1TB de armazenamento por usuário nos anexos de arquivos no chat, número de usuários ilimitados no plano Office 365 Business Premium, entre outros.

Veja a tabela de comparação entre a versão gratuita e a versão paga do Microsoft Teams:

Microsoft Teams Gratuito Pago
Número máximo de membros 300 por organização Potencialmente ilimitado com uma licença do Enterprise
Armazenamento de arquivos 2 GB/usuário e 10 GB de armazenamento compartilhado 1 TB/usuário
Acesso de Convidado Sim Sim
chamadas de áudio e vídeo online 1:1 e de grupos Sim Sim
Reuniões de canal Sim Sim
Compartilhamento de tela Sim Sim
Reuniões agendadas Sim
Gravação de reunião Sim
Disponível com o Microsoft Stream
Chamadas telefônicas e conferências de áudio Sim
Administração
Ferramentas de administração para gerenciamento de usuários e aplicativos Sim
Relatórios de uso dos serviços do Office 365 Sim
99,9% do tempo de atividade SLA (contrato de nível de serviço) com suporte financeiro Sim
Configurações e políticas de usuário configuráveis Sim

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário