China mostra alta tecnologia com IA e IOT durante a Exposição Internacional de Máquinas Agrícolas

A China International Agricultural Machinery Exhibition (CIAME ou Exposição Internacional de Máquinas Agrícolas da China) é um dos maiores eventos da agricultura do mundo. Confira o que houve durante a exposição!

Por Tecnologia Pular para comentários
Foto por HRIDOYE MATI O MANUSH
Foto por HRIDOYE MATI O MANUSH

A China International Agricultural Machinery Exhibition (CIAME ou Exposição Internacional de Máquinas Agrícolas da China) é um dos maiores eventos da agricultura do mundo. Neste ano a exposição foi feita no complexo Qingdao World Expo City, onde fabricantes de máquinas agrícolas, empresários, distribuidores, pesquisadores e jornalistas de todo o mundo se reúnem para saber as novidades tecnológicas da área. A CIAME conta com 2100 organizações de fabricantes de 60 países e o tema deste ano foi "Mecanização e Modernização da Agricultura nas áreas Rurais"

Segundo o site thedailystar, a inteligência artificial (IA) foi um dos pontos fortes no evento e nota-se que ela está sendo cada vez mais aplicada em diversos maquinários. A tecnologia proporciona uma grande eficiência na realização de tarefas no campo, além de uma economia de energia e precisão ao mesmo tempo, evitando desperdícios.

Shykh Seraj, redator do thedailystar, entrevistou um visitante chamado "Leo" durante o evento que disse o seguinte:

"A inteligência artificial e a Internet das Coisas (IoT) serão os governantes da agricultura futura. Está mudando tudo. Essas máquinas aqui são mais baratas que as da Europa e América."

China International Agricultural Machinery Exhibition (CIAME ou Exposição Internacional de Mquinas Agrícolas da China). Fonte: ifw-expo
China International Agricultural Machinery Exhibition (CIAME ou Exposição Internacional de Máquinas Agrícolas da China). Fonte: ifw-expo

Na Exposição Internacional de Máquinas Agrícolas da China havia uma grande presença de tratores controlados através de IA, ou seja, veículos autônomos capazes de operar sem a ajuda de um humano. Isso significa que basta o usuário programar a ação desejada, para que a máquina faça o percurso. O sistema de inteligência artificial será capaz de tomar decisões por si próprio, evitando acidentes, realizando um percurso de forma mais eficiente e regulando e medindo ao mesmo tempo todos os gastos durante a operação.

A CIAME teve duração de 3 dias, onde foram realizadas 30 reuniões de alto nível, seminários e simpósio. Houve durante os seminários a apresentação de artigos de pesquisas, relatórios sobre desafios e perspectivas para o setor agrícola. Dentre os temas abordados, houve a explanação de temas como: o transporte de máquinas agrícolas pesadas, o desenvolvimento de operações com drones através de GPS, a atualizações de máquinas agrícolas para vegetais, a fabricação de máquinas altamente inteligentes, entre outros.

O evento agronômico chinês mostra que o país e a própria indústria mundial estão em meio a um grande avanço, onde as atividades no campo prometem mudar de maneira drástica. Há cada vez mais um investimento e desenvolvimento em IOT (Internet of Things ou Internet das coisas), inteligência artificial, machine learning, deep lerning, tecnologias relacionadas a drones, entre outros. Isto faz com que as máquinas, tanto terrestres (tratores) quanto aéreas (drones), se tornem autônomas, trazendo uma grande revolução para o campo.

Você lê e se mantêm informado sobre o cenário mundial de tecnologias voltadas para a agricultura? O que você acha sobre a implementação cada vez maior de tecnologias inteligentes no campo? Comente abaixo e compartilhe conosco a sua opinião!

Fonte: thedailystar

Leia também: Huawei planeja aumentar sua participação no mercado brasileiro. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários