Vale a pena comprar um robô aspirador?

Com o dia a dia corrido, é comum buscarmos eletrônicos eficientes para ajudarem nas tarefas domésticas. Aqui vamos falar do robô aspirador de pó e explicar por que vale a pena adquirir um.

Por Tecnologia Pular para comentários
Vale a pena comprar um robô aspirador?

Você já ouviu falar em máquinas inteligentes que aspiram pó? Sim, elas existem. Há cerca de três meses decidi comprar uma, mas fiquei com bastante receio se valeria a pena, afinal, ouvi de diversas pessoas que esses robôs não eram tão bons assim.

Foi depois de muita pesquisa que cheguei à conclusão de que iria arriscar. Sendo assim, comprei o iRobot Roomba 615 e logo fui testar. Algum tempo depois, já tenho uma opinião se vale a pena ou não.

Resumindo: sim, vale. Claro que isso depende em que tipo de lugar você mora, quanto tempo você tem para limpar a casa e qual o nível de limpeza que você busca. No meu caso, vivo em um apartamento plano, de um andar só, com alguns quartos e piso de madeira.

Vale a pena comprar robô aspirador?

O modelo em questão testado foi o Roomba 615 da iRobot.

iRobot Roomba 615

Dentro do orçamento delimitado, esse foi o melhor robô aspirador encontrado no mercado. No Brasil existe apenas a versão 614. Seu preço é de R$1.699,99 (a versão 614) na loja oficial do iRobot.

É importante ressaltar que existem tipos diferentes de robôs. Neste caso, o 615 - e 614 também - apenas aspiram pó. Existem outros que passam pano e alguns que possuem as duas funções.

iRobot Roomba 615 foi a versão analisada pelo Oficina da Net.
iRobot Roomba 615 foi a versão analisada pelo Oficina da Net.

Alguns fatos interessantes sobre esse aparelho que servem como pontos positivos são: seus sensores - e a tecnologia Dirt Detect - e sua escova de varredura de cantos.

Começando pelos sensores, logo na primeira limpeza o aparelho dá uma volta por toda a casa escaneando o ambiente. Essa hora é um tanto quanto aflitiva, porque o aparelho vai se chocando contra paredes, móveis e portas com bastante força. Mas depois ele já se acostuma e se choca menos - mas não evita esses baques.

A tecnologia Dirt Detect faz com que o iRobot foque em pontos em que há mais sujeira. Então é comum ver que ele não faz uma linha reta na maior parte das vezes: ele fica dando voltas em locais que estão com mais pó até este ficar limpo.

Existem robôs que aspiram pó e que passam pano.
Escova de varredura de cantos fica na frente do robô e ajuda a tirar sujeira de espaços como rodapés.

Depois, a escova varredura de cantos. Esse é um fato interessante porque, no começo, não achava que teria tanta utilidade. Claro que não é 100% perfeito, mas essa escova de fato tira grande parte da sujeira do rodapé.

Pontos negativos

Como todo bom produto eletrônico, existem alguns pontos negativos. O primeiro deles também pode ser considerado um ponto positivo - dependendo do seu ponto de vista. O iRobot se enfia em todos os cantos... mesmo aqueles que não deve.

Dessa forma, é importante ficar de olho no robô ou se certificar que buracos estão tampados. No meu caso o iRobot conseguiu entrar perfeitamente em um espaço que tinha debaixo da pia da cozinha e entrar debaixo do móvel. Foi preciso tirar um pedaço desse móvel para conseguir recuperar o aspirador.

Nem sempre o iRobot Roomba 615 volta sozinho para sua base.
Nem sempre o iRobot Roomba 615 volta sozinho para sua base.

A solução foi buscar qualquer objeto que pudesse tampar esse espaço toda vez que ligo o robô - e essa técnica funciona. Mas de qualquer forma, conheço pessoas que me advertiram a ficar de olho no robô.

Ainda neste quesito, a marca iRobot garante que o aspirador volta pra sua base depois de concluir a limpeza da casa e inicia seu carregamento sozinho. Realmente, em grande parte das vezes ele faz isso - mas não todas. Isso significa que 4 a cada 10 vezes é preciso ir atrás do aspirador pela casa para encontrá-lo e botá-lo para carregar.

Por fim, o barulho. Não sei se alguém espera que um aspirador de pó seja 100% silencioso, mas já adianto que o iRobot em questão não é. É um barulho chato, alto, mas muito melhor do que aqueles aspiradores de pó antigos que acordavam o prédio todo.

Mas afinal: e a limpeza?

O robô aspirador realmente quebra um galho e vem superando bastante minhas expectativas - por isso a minha recomendação de se comprar um. Isso porque não tenho tempo de varrer a casa e depois passar um pano, então ele faz essa primeira parte com bastante eficiência.

Claro que tudo depende do nível de limpeza buscado. Não é que ele deixe o chão da casa brilhando (até porque, como dito anteriormente, ele não passa pano) mas aquelas sujeirinhas chatas que ficam grudando no pé deixam de existir depois que ele é ligado.

Existem inúmeros tipos de robôs aspiradores no mercado!
Existem inúmeros tipos de robôs aspiradores no mercado!
Então se você busca algo prático e eficiente, um robô aspirador pode ser uma boa alternativa. Só tenha em mente que ele não é perfeito, então que vão ter vezes que ele vai se perder pela casa, ou que sua bateria vai acabar, ou até mesmo que você vai achar que a limpeza não foi das melhores - mas aí é só ligar ele de novo.

Tem um robô aspirador? Conta pra gente qual marca e o que você acha dele!

Leia também: Os 10 melhores antivírus pagos em 2019. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários