Alexa, Siri ou Google Assistente: Qual o mais inteligente?

Qual o melhor assistente digital? Google Assistente, a Siri da Apple ou a Alexa da Amazon? Confira o que os testes revelam.

Por Tecnologia Pular para comentários
Alexa, Siri ou Google Assistente: Qual o mais inteligente?

As três principais assistentes de voz para casa inteligente da atualidade são a Alexa, através do Echo Dot, a Siri, através do HomePod, e o Google Assistente através do Google Home. Será que há uma assistente vencedora nessa disputa? Embora muitos conheçam o Google Home e o Amazon Echo, a Siri também tem um alto-falante inteligente para casa. Vamos conhecer as diferenças para termos uma melhor noção dos pontos fortes de cada assistente.

Ambas as três assistentes - Alexa, Siri e Google Assistente - estão melhorando na compreensão e na resposta à perguntas, graças em parte a todos os gigantes da tecnologia que usam seres humanos para ajudar a melhorar sua IA. Está cada vez mais evidente que a voz deve ser a próxima fronteira das interfaces de computador.

Testes de QI

No ano passado, a empresa Loup Ventures testou os alto-falantes inteligentes com Alexa, Siri e Google Assistente com 800 perguntas para descobrir qual era a mais inteligente. O resultado foi que o Google Assistente respondeu 88% das perguntas corretamente, enquanto a Siri obteve 75% de acertos e a Alexa conseguiu acertar 72,5% das questões.

A Loup Ventures fez um teste recentemente com a Alexa, Google Assistente e Siri no smartphone. Nos resultados, novamente o Google Assistente se saiu vencedor, com uma pontuação de 92,9% para responder às perguntas corretamente. A Siri respondeu corretamente a 83,1% das perguntas, enquanto a Alexa obteve uma taxa de 79,8%.

O Assistente do Google se sai melhor do que o Siri e bem melhor que a Alexa na categoria Comandos.    Imagem: Loup Ventures
O Assistente do Google se sai melhor do que o Siri e bem melhor que a Alexa na categoria Comandos.
Imagem: Loup Ventures.

Metodologia dos testes

As perguntas são típicas de um adulto, e incluem questões como "Onde fica a cafeteria mais próxima?". As perguntas foram elaboradas para testar a capacidade de cada sistema de fornecer informações precisas sobre itens locais, negócios, navegação e informações, além de executar comandos.

Embora as classificações de teste de QI do smartphone sejam as mesmas do teste de alto-falante inteligente, os analistas da Loup Ventures, Gene Munster e Will Thompson, perdoam o desempenho geral da Alexa, que foi negativamente influenciada por não ser totalmente integrado ao sistema operacional, tanto Android quanto iOS. A Siri teve melhor desempenho em comandos.

"O Google Assistente foi o melhor em quatro das cinco categorias, mas ficou aquém da Siri na categoria "Comandos" novamente. A Siri continua a ser mais útil com funções relacionadas ao smartphone, como chamadas, mensagens de texto, e-mail, calendário e música", de acordo com com a Loup Ventures.

"Tanto a Siri quanto o Google Assistente, que estão conectados ao sistema operacional do smartphone, tiveram um desempenho muito superior à Alexa na seção Comandos. A Alexa é um aplicativo de terceiros que, apesar de poder enviar mensagens de voz e ligar para outros dispositivos Alexa, não pode enviar mensagens de texto, e-mails ou iniciar uma ligação".

A Loup Ventures argumenta que os assistentes em smartphones devem ser tratados de maneira diferente dos alto-falantes inteligentes, porque são usados ​​de maneira diferente e têm interfaces diferentes. Por exemplo, os alto-falantes não têm telas (exceto o Amazon Echo Show).

Reconhecendo sua voz

No HomePod da Apple, ao contrário do iPhone, a Siri não consegue diferenciar vozes. Isso significa que qualquer um que disser "Ei, Siri" irá obter uma resposta da assistente inteligente da Apple. Em contraste, tanto a linha Echo da Amazon quanto o dispositivo do Google têm recursos de treinamento de voz. Com o treinamento de voz, toda a sua família pode usar os alto-falantes, mas cada um também pode obter respostas personalizadas com base em quem está falando.

O HomePod simplesmente não fornece essa profundidade de personalização. Dito isso, o Google e a Amazon não conseguiram atender completamente o recurso. Durante os testes, foi possível enganar a Alexa e o Assistente do Google, fingindo ser outra pessoa.

Fazendo chamadas

Se você disser "Hey Siri, ligue para mãe" no seu iPhone, ela responde: "Chamando mãe". Se você determinar o comando ao HomePod, a Siri responderá: "Eu gostaria de poder, mas não posso ajudá-lo a ligar do HomePod". Sim, a Siri (no HomePod) não permite que você disque. Em vez disso, o HomePod age como um viva-voz. Marque ou receba uma chamada no seu iPhone e use o botão Áudio na tela de chamada para transferir o áudio para o seu alto-falante da Apple.

Serviços de música

A Amazon e o Google oferecem suporte a uma ampla variedade de serviços de música de terceiros, tanto a Alexa quanto o Google Assistente podem tocar uma música do Spotify com um simples comando de voz.

A Siri no HomePod não é capaz de fazer isso. Você só pode usar comandos de voz para executar serviços de música aprovados pela Apple. Então, se você quiser usar o Spotify, YouTube ou outro serviço de terceiros, você pode, mas você tem que enviar a música manualmente do seu smartphone ou outro dispositivo iOS através do serviço Airplay da Apple. O que pode ser considerado limitante em relação a concorrência.

Automação

Há um certo conflito sobre o uso do "Hey, Siri" no HomePod para controlar dispositivos domésticos inteligentes. Durante a configuração do HomePod, todas as informações sobre sua rede Wi-Fi local, contatos e preferências são enviadas automaticamente para o HomePod.

E toda integração de smart home é regulada pela Apple que usa o controle de voz. Basta usar um comando básico "Hey, Siri". Por outro lado, tanto a Alexa quanto o Google Assistente fornecem palavras de "invocação" para interagir com tipos de dispositivos que eles não suportam. Ou seja, a Amazon permite que os parceiros de dispositivos criem uma soluções personalizadas. Mas, até agora, a Apple está evitando essas parcerias, o que limita a sua integração com diversos produtos. Isso garante uma experiência para o usuário mais simplificada, mas em um universo mais limitado de dispositivos.

Preços

O Google Assistente se saiu melhor do que os concorrentes nos testes, e você pode encontrar o Google Home Mini por cerca de R$ 350, valor parecido com a versão mais básica da Amazon, o Echo Dot 3. Já o dispositivo inteligente da Apple, o HomePod, está sendo comercializado por cerca de R$ 2.500, um valor bem mais alto do que os outros concorrentes..

O vencedor?

Para usar em um dispositivo, a Siri não é tão abrangente quanto a Alexa e o Google Assistente. A simplicidade da Siri para controlar dispositivos é ótima, mas a Apple tem bem menos parceiros terceirizados de smart home do que seus concorrentes.

Já nos smartphones, a Siri é ótima, mas o Google Assistente do Android se saiu melhor em algumas questões. Enquanto a Siri consegue fazer mais coisas no smartphone através de comandos, o Google Assistente lida melhor com as informações e com a navegação. A Alexa é boa também com informações, mais deixa a desejar no que se refere à comércio e navegação.

Em suma, se você gosta de mandar sua assistente fazer coisas no celular, um iPhone é melhor. Mas se você quer que a assistente traga mais informações para você, o Google Assistente no Android é a melhor opção.

Leia também: O que é o Sony 360 Reality Audio e como ele chegará aos serviços de streaming de música. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários