NVIDIA GauGAN – ferramenta de arte com IA que já foi usada mais de meio milhão de vezes

O programa foi apresentado este ano e já foi utilizado na fabricação de meio milhão de imagens ao redor do mundo. É possível experimentar a ferramenta por meio de um link disponibilizado pela NVIDIA.

Por Tecnologia Pular para comentários
NVIDIA GauGAN – ferramenta de arte com IA que já foi usada mais de meio milhão de vezes

A NVIDIA trouxe uma solução fantástica para designers, diretores artísticos, artistas conceituais e quem mais precisa (ou gosta de) desenhar com frequência. O NVIDIA GauGAN é um aplicativo Web de pintura com inteligência artificial que usa a tecnologia para transformar esboços em cenas impressionantes e irreais. 

Em um evento realizado pela empresa em junho deste ano em São Paulo, essa tecnologia foi mostrada, fazendo uso da placa de vídeo Quadro RTX 4000. Basicamente o que o usuário faz é selecionar o tipo de "material" que quer trabalhar - podendo ser areia, água, mar, céu, nuvem, pedra, entre milhares de outras - e começar a desenhar! O programa analisa imagens e consegue reproduzir esses materiais. 

NVIDIA GauGAN permite ao usuário criar imagens realistas à partir de desenhos.

"As atualizações em tempo real para meus ambientes com alguns traçados de pincel são inacreditáveis. É como uma ambientação instantânea", comentou Colie Wertz, um artista que utilizou a ferramenta. 

E não para por aí. O usuário também pode fazer upload de suas próprias paisagens. A IA consegue converter essa imagem, disponibilizando-a como base para o trabalho artístico do usuário. 

Desde a disponibilização da versão Beta do aplicativo há pouco mais de um mês, o NVIDIA GauGAN foi um sucesso: foram mais de meio milhão de imagens criadas com o programa. 

E você? Não testou ainda? Experimente já e conta pra gente o que achou!

 

Compartilhe com seus amigos:
Andressa Isfer
Andressa Isfer Jornalista, amante de séries, filmes, livros e games. Curiosa e sempre pronta para novos desafios.
TWITTER: @andressaisfer
Quer conversar com o(a) Andressa, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Tecnologia