CEO da ZTE, Xu Ziyang: ZTE tornou-se a principal força 5G e está desenvolvendo chips de 5nm

Depois de passar por duas sanções , uma em 2017 e outra em 2018, tudo indicava que a ZTE estava à beira do colapso. A empresa pagou mais de US$1 bilhão em multas, além de passar por uma reestruturação completa na gestão da empresa.

Por Tecnologia Pular para comentários
CEO da ZTE, Xu Ziyang: ZTE tornou-se a principal força 5G e está desenvolvendo chips de 5nm

Os dois últimos anos não foram bons para a ZTE, depois de todos os problemas, que resultaram em perda líquida de 7,8 bilhões de yuans (US$1,1 bilhão), muitos não acreditavam que a empresa voltaria ao mercado.

No entanto, as últimas notícias indicam o oposto. Em entrevista à CCTV, o CEO da ZTE, Xu Ziyang, que assumiu em 2018, falou sobre o desenvolvimento da empresa após os períodos difíceis.

Xu Ziyang disse que a ZTE está no caminho certo e se tornou a principal força dentro da cadeia da indústria 5G. Segundo ele, embora a ZTE tenha reduzido suas despesas de marketing, não reduziu seu entusiasmo por pesquisa e desenvolvimento.

Entrevista à CCTV o CEO da ZTE, Xu Ziyang disse que o caminho para o crescimento da empresa é menos marketing e mais pesquisa e desenvolvimentoEntrevista à CCTV, o CEO da ZTE, Xu Ziyang disse que o caminho para o crescimento da empresa é menos marketing e mais pesquisa e desenvolvimento

No ano passado, a ZTE investiu mais de 10 bilhões de yuans (US$1,4Bi) em pesquisa e desenvolvimento. De acordo com o CEO, as conquistas da ZTE em pesquisa e desenvolvimento 5G são bastante evidentes.

Xu Ziyang disse que olhando estatísticas IPlytics, a partir de 15 de junho, a ZTE divulgou para o ETSI (European Telecommunication Standardization Association) 1424 3GPP 5G SEP (patente padrão essencial) e é uma das três principais empresas com patentes 5G no mundo.

Além disso, em termos de chips com modem 5G, Xu Ziyang também revelou o mais recente progresso da ZTE. Ele disse que o chip de processo de 7nm da empresa foi projetado e produzido em massa. Atualmente, chips 5G de 5nm estão sendo desenvolvidos.

Parece que esses embargos comerciais impostos pelos EUA andam mais ajudando do que atrapalhando as empresas chinesas. A ZTE e a Huawei sabem bem como dói no bolso tais impedimentos, mas também vem mostrando que existe plano B e no final das contas, um novo caminho pode ser até melhor para seu próprio crescimento buscando parceiros e mercados diferentes, fugindo assim da dependência comercial com os Estados Unidos.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Minha foto