Tropas dos EUA no Afeganistão em breve testarão um pequeno drone de bolso no campo

Em breve algumas unidades do exército dos EUA passarão a utilizar mini drones. A empresa escolhida pelo exército norte americano para a utilização de drones foi a FLIR Systems que possui uma grande variedade de unidades.

Por | @Vitor_Valeri Tecnologia Pular para comentários

Em breve algumas unidades do exército dos EUA passarão a utilizar mini drones de acordo com o site Stars&Stripes. O 1º Batalhão do 508º do Regimento de Infantaria da 82ª Divisão Aerotransportada iniciará a utilização das pequenas aeronaves não tripuladas neste mês no Afeganistão para descobrir a melhor maneira de utilizá-las.

A empresa escolhida pelo exército norte americano para a utilização de drones foi a FLIR Systems que possui uma grande variedade de unidades. O exército dos EUA iniciou os testes dos drones para ver a viabilidade de uso no ano de 2016 e 2017. A FLIR Systems chegou a conseguir ao mesmo tempo um contrato com os exércitos das forças armadas britânicas e francesas.

No fim do mês de abril a 3ª Brigada de Combate da 82ª Airborne iniciou os treinos com os drones e realizou diversas situações nas quais as aeronaves poderiam ser utilizadas auxiliando durante as missões. Segundo a Army Technology, os drones tem a função de, por exemplo, explorar a área próxima de onde está a tropa e localizar possíveis soldados inimigos que normalmente não seriam vistos pelos soldados. A fabricante de drones ainda informou que lançou a pouco tempo um modelo maior para a utilização em veículos como tanques de guerra.

Drone sendo utilizadoDrone sendo utilizado

Os drones são extremamente pequenos, medindo aproximadamente quinze centímetros de comprimento e pesando apenas 33 gramas. Isso proporciona uma maior facilidade para transporte pelos soldados no deslocamento em campo durante as missões. Cada drone dispõe de um par de câmeras que possuem a capacidade de reproduzir imagens térmicas. Além disso, é possível realizar transmissões de vídeo ao vivo e fotos para os operadores visualizarem a situação em tempo real. É possível pilotar o drone por uma distância de até 2 quilômetros e realizar um voo com duração de aproximadamente meia hora.

O exército norte americano espera que as aeronaves se tornem um equipamento padrão para os seus soldados. Segundo o sargento Ryan Subers:

esse tipo de tecnologia será um salva-vidas para nós porque nos tira do perigo e reforça nossa capacidade de executar qualquer missão de combate em que estamos

Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal