A mudança de cultura por trás da abreviação do número de inscritos nos canais do YouTube

O YouTube está mudando a forma como a contagem de inscritos é exibida, possivelmente mudando sua cultura. Confira aqui qual o real significado desta mudança e o que ela pode interferir no comportamento das pessoas.

Por Tecnologia 57 comentários
A mudança de cultura por trás da abreviação do número de inscritos nos canais do YouTube

O YouTube não exibirá mais publicamente o número exato de inscritos para canais com mais de 1.000 inscritos. A partir de agosto de 2019, o YouTube começará a exibir contagens de assinantes abreviadas, em vez do número total de inscritos em um canal. 

Essa alteração também afetará terceiros que usam os serviços de API do YouTube, mas os criadores de conteúdo ainda poderão saber seu número exato de inscritos acessando a conta no YouTube Studio.

YouTube vai abreviar o número de inscritos de um canal

As contagens exatas de inscritos serão exibidas apenas para canais com menos de 1.000 inscritos. Para canais com mais de 1.000 inscritos, o YouTube abreviará números de assinantes públicos em uma escala móvel.

Veja o que isso significa:

  • 4.227 inscritos serão exibidos como "4,2k" até o canal atingir 4.300.
  • 133,017 assinantes serão exibidos como "133K" até o canal atingir 134.000.
  • 51.389.232 assinantes serão exibidos como "51M" até que o canal alcance 52.000.000.

A mudança de cultura por trás da abreviação do número de inscritos nos canais do YouTube
O YouTube observa que detalhes mais específicos serão compartilhados diretamente com os criadores, antes de agosto. A empresa não mencionou o porquê dessa alteração, mas qualquer pessoa que esteja acompanhando os eventos recentes do YouTube pode imaginar o motivo. 

A mudança de cultura por trás da abreviação do número de inscritos nos canais do YouTube

Sem entrar muito em detalhes, sabe-se que os YouTubers desenvolveram uma obsessão alarmante com a contagem de assinantes. Ao não disponibilizar ao público os números completos de inscritos, o YouTube provavelmente está tentando acabar com essa obsessão, antes que ela se torne ainda mais problemática. 

Outras plataformas estão pensando em testar mudanças similares de produtos. O Instagram está considerando um recurso que desabilitaria mostrar quantas curtidas uma foto recebeu, em um esforço "para reduzir a pressão sobre o Instagram".

No Reddit, os moderadores têm a opção de ocultar as pontuações de comentários e votos, em um esforço para "tentar reduzir o número de votos". O Twitter está experimentando a redução de recursos de engajamento, como retweets.

Leia também: Os 10 melhores antivírus pagos em 2019. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Minha foto