Intel e Netflix criam codec AV1 para fornecer tecnologia de compactação para próximas gerações de vídeos

O novo codec SVT-AV1 permite que os codificadores dimensionem seus níveis de desempenho com base nos requisitos de qualidade e latência dos aplicativos de destino, desde vídeo em alta qualidade sob demanda (VOD) até casos de uso ao vivo.

Por Tecnologia Pular para comentários
Intel e Netflix criam codec AV1 para fornecer tecnologia de compactação para próximas gerações de vídeos

Na NAB Show (Associação Nacional de Emissoras de TV), a Intel e a Netflix anunciaram um novo codec de vídeo de alto desempenho disponível como livre e isento de royalties para criadores de conteúdo, desenvolvedores e provedores de serviços. A tecnologia de vídeo escalável para AV1 (SVT-AV1) oferece desempenho e escalabilidade no processamento de vídeo.

Lynn Comp, vice-presidente da Intel do Network Platforms Group e gerente geral da divisão Visual Cloud, disse  "O codec SVT-AV1 oferece alto desempenho e eficiência. Em comparação com o codec mais popular de hoje (H.264 AVC), o SVT-AV1 pode ajudar os provedores de serviços a economizar até metade de sua largura de banda, oferecendo experiências de usuário de ponta que podem ser entregues com rapidez e economia em escala global. Este codec possibilita serviços que variam de vídeo sob demanda a transmissão ao vivo de conteúdo 4Kp60 / 10-bit em processadores Intel Xeon Escaláveis, incluindo o recém-lançado processador Intel Xeon de segunda geração. "

A modernização dos codecs de software de vídeo para aumentar a eficiência ajudará a fornecer experiências ricas para o usuário e alcançar escala global, acelerando o tempo de lançamento no mercado e reduzindo os custos para desenvolvedores e provedores de serviços. O SVT-AV1 é um codec escalável baseado em software que oferece as melhores compensações entre desempenho, latência e qualidade visual ao trabalhar com cargas de trabalho de nuvem visual.

iIntel e Netflix criam codec AV1.

As vantagens de desempenho do SVT-AV1 são baseadas na arquitetura SVT, que é uma arquitetura de codec coesa e altamente otimizada que já forneceu várias gerações de codecs, incluindo SVT-HEVC, SVT-VP9 e SVT-AV1. O novo codec SVT-AV1 é exclusivo, pois permite que os codificadores dimensionem seus níveis de desempenho com base nos requisitos de qualidade e latência dos aplicativos de destino, desde vídeo em alta qualidade sob demanda (VOD) até casos de uso ao vivo. A codificação e decodificação de alta qualidade no SVT-AV1 permitirão que os desenvolvedores que trabalham com cargas de trabalho de nuvem visual os levem ao mercado de maneira mais rápida. O codec é otimizado para codificação de vídeo em processadores escaláveis ​​Intel Xeon.

David Ronca, diretor de codificação Tecnologias da Netflix, ressaltou "A colaboração SVT-AV1 com a Intel traz uma solução AV1 alternativa para a comunidade de código aberto, permitindo um desenvolvimento mais rápido do algoritmo AV1 e estimulando a inovação para a tecnologia de compressão de vídeo da próxima geração".

Além disso, a Intel lançou o Open Visual Cloud, um projeto de código aberto que inclui um conjunto de pipelines de referência otimizados para casos de uso para cargas de trabalho visuais. Esses pipelines prontos para o desenvolvedor são baseados em mídia de código aberto, inteligência artificial (AI) e ingredientes de software gráfico. Eles suportam as estruturas de código aberto mais populares com as quais os desenvolvedores estão familiarizados. O SVT, o OpenVINO Toolkit e o Intel Rendering Framework fazem parte do Open Visual Cloud, trazendo codificação / decodificação, inferência e gráficos de código aberto altamente otimizados juntos como uma referência interoperável para inovação de serviços. Os dois primeiros pipelines permitem serviços para streaming VOD de transcodificação de rede de entrega de conteúdo (CDN) e inserção inteligente de anúncios. 

A Intel demonstrará gráficos em nuvem e pipelines de mídia imersiva em desenvolvimento na NAB. Pipelines de referência adicionais serão lançados trimestralmente. 

O codec SVT-AV1 está disponível sob uma licença permissiva de patente BSD +, o que facilitará a adoção e a comercialização. Os desenvolvedores podem acessar o SVT-AV1 em 01.org/OpenVisualCloud/svt. Os pipelines de referência do Open Visual Cloud e os blocos de construção para codificação / decodificação, inferência e render podem ser encontrados em 01.org/OpenVisualCloud. 

 Fonte: Intel

Compartilhe com seus amigos:
Mais sobre: netflix, intel, codec, SVT-AV1
Fernanda Beling
Fernanda Beling Administradora, apaixonada por tecnologia. Amante de livros, séries e filmes.
FACEBOOK // INSTAGRAM: @fsbeling // TWITTER: @fsbeling
Quer conversar com o(a) Fernanda, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Tecnologia