Oficina da Net Logo

GM inicia programa nacional de veículos com emissão zero

A General Motors está solicitando que 25% das frotas de todas as montadoras alterem para energia elétrica ou híbrida.

Por | @oficinadanet Tecnologia Pular para comentários

A General Motors está empenhada no projeto nomeado “Programa Nacional de Veículo Zero de Emissão (NZEV)”, que promove a fabricação de caros elétricos e outros veículos com emissão zero. A ideia é colocar 7 milhões de VEs “de longo alcance” na estrada até 2020, que reduziria as emissões de CO2 em 375 milhões de toneladas.

A GM também solicita um maior investimento em infraestrutura de carregamento elétrico, e está encorajando o governo a apoiar a tecnologia de baterias e EVs, tudo isso para acompanhar o mesmo ritmo de países como a China.

A General Motors está solicitando que 25% das frotas de todas as montadoras alterem para energia elétrica ou híbrida. Além disso, sugere uma expansão do atual sistema de crédito de veículos de emissões zero (ZEV) da Califórnia, em que as montadoras precisam fabricar e vender um número mínimo de carros limpos e podem trocar créditos caso tiverem um déficit ou um excedente.

Em razão da pressão do governo Trump, o crédito ZEV está ameaçado atualmente. O objetivo seria reverter os rigorosos padrões de economia de combustível e emissões veiculares da era Obama. Leia em destaque: Como usar a tecnologia para diminuir a ansiedade?.

A Agência de Proteção Ambiental (EPA), em agosto, juntamente com a National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), propuseram uma nova regra que exigiria que as montadoras atingissem uma economia média de combustível de 37 milhas por galão até 2025, em vez das 50 milhas por alvo de galão definido pelo Obama EPA.

GM inicia programa nacional de veículos com emissão zero.GM inicia programa nacional de veículos com emissão zero.

Para completar, a administração de Trump planeja desafiar o sistema de crédito ZEV da Califórnia e ainda a renúncia do Estado à Lei do ar Limpo, que permite estabelecer os seus próprios padrões rígidos de emissões que são separadas do governo federal.

Através de comunicado, a GM disse que encerrar o atual programa ZEV, que é seguido por nove estados, “sufocará o crescimento” nos Estados Unidos. Além disso, a empresa disse que os EUA precisam “mais cooperação entre o governo e a indústria” no que diz respeito aos veículos com emissões zero, tudo isso para acompanhar os programas que estão sendo implantado nas Ásia e na China.

“Uma solução única de 50 estados ajudará a mover os EUA para uma posição de liderança em eletrificação. Ela criará empregos através da expansão da pesquisa e desenvolvimento de baterias e veículos elétricos e da produção, melhorará o meio ambiente e tornará os veículos elétricos mais acessíveis ”, disse a CEO da GM, Mary Barra.

Na sexta-feira, a empresa apresentou sua proposta na sexta-feira em um comentário público à pauta para a proposta de reversão de emissões da administração Trump.

Fonte: The Verge

MAIS SOBRE: #GM  #carros elétricos  #EUA
Comentários
Carregar comentários