Oficina da Net Logo

Como funciona o freio ABS?

O ABS (Anti-lock Braking System) é um sistema de frenagem que tem como objetivo evitar que a roda bloqueie e entre em derrapagem quando o pedal do freio é pisado de modo mais forte.

Por | @oficinadanet Tecnologia

 Os freios ABS ainda não são encontrados em todos os modelos de automóveis que circulam pelas vias, no entanto, a partir de 1º de janeiro de 2014 todos os veículos produzidos e vendidos no Brasil terão que ser equipados com esse tipo de freio. A medida está prevista na resolução n° 380 do Contran, de 28 de abril de 2011.

A medida, que torna o item obrigatório em 100% dos veículos, é um passo bastante importante para aumentar o nível de segurança de um carro, dizem os analistas. O sistema ABS proporciona vários benefícios, como a não derrapagem do veículo e assim, o aumento de estabilidade em condições de frenagens de emergência. O usuário terá uma maior possibilidade de desviar obstáculos enquanto freia, reduzindo a distância de parada em até 30%.

Deste modo, a partir da redução das distâncias de parada proporcionada pelo uso do ABS, a expectativa é a redução significativa no número de acidentes que são proporcionados pela travagem pré-matura das rodas.

Sistema de freio ABS.Sistema de freio ABS.

Para completar, o uso do sistema ABS colabora na inclusão de outras tecnologias associadas, como o EBD (Electronic Brake Distribution) ou Distribuição Eletrônica de Frenagem e o ESP (Electronic Stability Program) ou Programa Eletrônico de Estabilidade.

Como funciona?

O ABS (Anti-lock Braking System) é um sistema de frenagem que tem como objetivo evitar que a roda bloqueie e entre em derrapagem quando o pedal do freio é pisado de modo mais forte, o que evita a perda do controle do veículo. Para frear um carro é necessário o atrito, assim, caso a frenagem ocorra até imobilizar as rodas, o atrito acaba sendo perdido e ele derrapa ao invés de parar.

O sistema em questão é composto por sensores que monitoram a rotação de cada roda e pode ser comparada com a velocidade do veículo.  Os sensores são capazes de medir a rotação e passam as informações para a unidade de controle do ABS. Caso a unidade detecte que uma das rodas está em eminencia de travar, ocorrerá uma intervenção da central e assim modulando a pressão da frenagem.

O ABS conta com quatro componentes importantes: Quatro sensores de velocidade, um em cada roda; uma bomba hidráulica com fluido de freio; quatro válvulas hidráulicas que recebem o fluido; um controlador eletrônico, capaz de monitorar os sensores de velocidade.

Em resumo, se o controlador detecta que alguma das quatro rodas está desacelerando de modo incompatível com a desaceleração do veículo, a válvula hidráulica do freio acaba sendo ativa. Isso faz com que haja uma redução da força de frenagem que é aplicada por ela, o que possibilita que a roda gire mais rapidamente. Assim que retoma a velocidade, a válvula introduz novamente a pressão para que possa ser segurada, repetindo os dois ciclos do processo em uma frequência de mais ou menos 15 vezes por segundo.

Quais são as vantagens do freio ABS?

Os carros que contam com o sistema ABS possuem várias vantagens em relação aos demais. Confira algumas delas:

-Condutor consegue manter o controle na frenagem: Em ambos os freios (ABS e a disco) existem pastilhas que travam o disco de rodas em seu componente de frenagem. O freio a disco provoca o travamento completo das rodas do veículo, o que pode ser perigoso, já que o motorista não terá controle total sobre o veículo. Já o sistema ABS não trava, e assim, o carro não derrapa, sendo mais seguro aos motoristas.

-Diminui a extensão de parada: No freio comum as rodas acabam ficando arroladas, o que pode aumentar em 20% o percurso. O mesmo não ocorre com o sistema ABS.

-Redução da possibilidade de aquaplanagem: No sistema de freios a disco, o travamento acaba sendo de modo brusco, deste modo, levando em consideração os dias de chuva, o motorista pode acabar perdendo o controle do carro. Com o sistema ABS, já que as rodas não travam completamente, será pouco provável ocorrer aquaplanagem.

-Diminuição do desgaste dos pneus: Através do travamento brusco é possível trazer danos aos pneus do veículo. No mecanismo ABS , os vestígios de pneus vistos em travadas nas rodovias quase que não existem, o que demonstra um menor desgaste.

MAIS SOBRE: #carros  #comofunciona  #tecnologia  #veículos
Comentários
Carregar comentários