Levando em consideração que a maioria dos smartphones premium da Samsung já receberam o Android 10, agora o foco da empresa é atualizar os modelos de entrada e intermediários. Desta vez, a OneUI 2.0 baseada no novo SO móvel do Google foi liberada para o Galaxy A6+, lançado em 2018.

Essa atualização não chega a ser uma surpresa, dado que em janeiro deste ano foi relatado que a Samsung estava testando o Android neste aparelho. Portanto, era só uma questão de tempo até que ele recebesse a nova versão.

Além dos recursos padrões do Android 10, como modo escuro em todo o sistema, novos gestos de navegação e maior controle de privacidade, por exemplo, a gigante sul-coreana também inseriu o patch de segurança de março, que embora não seja o mais recente, corrige uma série de vulnerabilidades para tornar o sistema operacional mais seguro contra ataques e invasões.

No momento, essa nova atualização, que traz o firmware "A605FNXXU5CTC8", pode ser baixada via OTA na Polônia, mas se tudo ocorrer bem com a distribuição naquele país e nenhum erro critíco for detectado pela Samsung, outras regiões devem receber o Android 10 nos próximos dias ou semanas.

Quando o update estiver disponível em seu modelo, antes de realizar qualquer instalação, verifique a quantidade de bateria para evitar desligamentos durante o processo, recomendamos 50%. Tendo em vista que estamos falando de uma nova versão do Android, também aconselhamos a realização de um backup dos seus dados.

Especificações do Galaxy A6+:

Este aparelho foi lançado com display Super AMOLED de 6" com resolução de 2220 x 1080 pixels e aspecto 18,5:9. Por dentro, temos o processador Snapdragon 450, 3GB ou 4GB de RAM e 32GB ou 64GB de armazenamento.

Na parte de trás, existem apenas duas câmeras, sendo a principal de 16MP com abertura f/1.7 e a secundária de profundidade de 5MP com abertura f/1.9. O sensor frontal entrega 24MP com a mesma abertura f/1.9.

Para manter o Galaxy A6+ ligado, a Samsung inseriu uma bateria de 3.500 mAh, mas sem nenhuma tecnologia de carregamento rápido. Como recurso de segurança, há um leitor de digitais na traseira.