Saiba quanto custa para fabricar o Xiaomi Mi 10

Após calcular o custo dos componentes do Mi 10, foi constatado que a Xiaomi não consegue "colocar nos bolsos" um lucro considerável, pois a diferença do preço cobrado aos consumidores não é tão grande.

Saiba quanto custa para fabricar o Xiaomi Mi 10

Recentemente, a Xiaomi anunciou o Mi 10 e o Mi 10 Pro. Eles ainda não foram lançados globalmente, mas os fãs da empresa espalhados pelo mundo criaram uma certa indignação com relação ao aumento de preço, dado que esses modelos são cerca de US$ 140 (R$ 630) mais caros que seus antecessores.

Na China, a variante básica do Mi 10 é vendida por US$ 573 (R$ 2.580), enquanto que a versão mais potente sai por US$ 673 (R$ 3.030). De acordo com a Xiaomi, esses preços foram estabelecidos adequadamente, afinal, muitas melhorias foram implementadas, algo que exige peças melhores e, consequentemente, eleva o custo final do aparelho.

Buscando entender quanto a empresa gasta na fabricação do Mi 10 com 12GB de RAM e 256GB de armazenamento, o portal Techinsights resolveu calcular o custo estimado dos componentes. Normalmente, esse tipo de "análise" é feita nos aparelhos da Samsung e da Apple, mas devido ao aumento nos preços do Mi 10, o site resolveu saber mais detalhes à respeito do valor das peças embarcadas.

No final das contas, foi possível constatar que o custo de fabricação do Mi 10 é de US$ 440 (R$ 1.981). Em termos de comparação, o iPhone 11 Pro Max com 512GB de armazenamento custa US$ 490 (R$ 2.206) para ser fabricado, mas nos Estados Unidos ele é vendido por US$ 1.184 (R$ 5.331).

De qualquer forma, vale lembrar que não foram calculados os gastos com P&D, impostos e outras despesas. Portanto, não podemos pensar que, comercializando o Mi 10 por US$ 670, a Xiaomi consegue um lucro de US$ 230, dado que esse valor deve ser bem menor.

Via

Tech Mobile: Inscreva-se!

O nosso novo canal de smartphones surgiu, veja o que preparamos para você que gosta de celulares!

Comentários
Minha foto
Insira um comentário