Hoje a Samsung lançou os modelos A51 e A71 no Brasil. Chegaram custando R$ 2199 e R$2799 respectivamente. São dois produtos que vieram com intuito de melhorar problemas que os antecessores tinham e trazer o novo molde de câmeras e design da fabricante para 2020, mantendo o que já era bom. Os dois produtos foram muito comercializados em 2019.

Agora eu lhes pergunto, será que realmente eles vão melhorar os A50 e A70? É o que vamos ver agora.

Samsung lançou hoje os Galaxy A51 e Galaxy A71 no Brasil

A ideia da Samsung em trazer esses dois modelos é pegar o que de bom surgiu nos A50 e A70 e melhorar o que foi mal. Os dois produtos antecessores tinham alguns defeitos, mas quem não tem né? O A50 foi um produto que gostamos bastante, justamente por ter um preço mais justo pelos benefícios que ele entregava. Seria cruel com o aparelho julgar mal comparando os preços praticados.

Já o A70 pecou no aspecto que mais tocamos aqui no Oficina da Net, a performance em jogos. Talvez isso não seja um problema para a maioria das pessoas, concordo, e o telefone foi bem em outros itens, como boas câmeras, boa bateria, tela animal, ainda assim com preço alto se comparado com alguns concorrentes. Ele não foi uma indicação nossa por aqui, julgamos a Samsung justamente por colocar um processador da linha 600 no telefone, quando na verdade ele deveria ter vindo com um da linha 700.

A71 chegou para corrigir o problema de performance do A70

É aí que eu me refiro, agora no A71, a Samsung colocou o Snapdragon 730, ele é um processador ideal para a faixa de preço entre R$ 1500 a R$2200 reais, contando com 6GB de RAM e 128GB de armazenamento interno.

Aliado com câmeras traseiras de 64MP com abertura f/1.8, outra ultrawide de 12MP abertura f/2.2, uma lente macro, olha só surgindo lentes macro agora, com 5MP abertura f/2.4 e um sensor de profundidade de 5MP com abertura f/2.2. Além da câmera frontal de 32MP f/2.2.

Galaxy A71. Foto: Paulo Barba (@barbaaa)
Galaxy A71. Foto: Paulo Barba (@barbaaa)
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 730
  • CPU: Octa-core (2x2.2 GHz Kryo 470 Gold e 6x1.8 GHz Kryo 470 Silver)
  • Sistema operacional: Android 10 e One UI 2
  • Memória RAM: 6 GB e 8 GB
  • Armazenamento Interno: 128 GB
  • Tela - Tipo: Super AMOLED Plus
  • Tela - Tamanho: 6.7
  • Tela - Resolução: 2400 x 1080
  • Tela - Densidade: 393 ppi
  • Tela - Proteção: Gorilla Glass 3
  • Câmera principal: 64 MP, f/1.8, (wide), 1/1.72, 0.8µm, PDAF
  • 2ª câmera: 12 MP, f/2.2, 12mm (ultrawide)
  • 3ª câmera: 5 MP, f/2.4, 25mm (macro), 1/5.0, 1.12µm
  • 4ª câmera: 5 MP, f/2.2, (depth)
  • Câmera Frontal: 32 MP, f/2.2, 26mm (wide), 1/2.8
  • Bateria: 4500 mAh
  • Carregador: 25W
  • Samsung Galaxy A71 - Ficha técnica completa

A bateria de 4500mAh, se manteve a mesma, assim como a tela grande de 6.7 polegadas, Super AMOLED. De fato a Samsung vai trazer melhorias na performance e no conjunto geral de câmeras, que já eram boas.

O A71 é o cara que promete em 2020, certamente não compraria ele por R$ 2799 reais, mas esse é o preço de lançamento. A dica é esperar baixar para R$ 1800-2000 reais, o que deve acontecer até meados deste ano.

A51 chegou para melhorar o que já era bom do A50

Agora, o A51 chegou para melhorar o que já era bom no A50. Manteve a bateria de 4000mAh, aumentou em 0.1 polegada, agora com 6.5, fullhd e Super Amoled, também com design 2020, digamos assim, da Samsung, traz a versão nova do Exynos, o 9611, com pequenas melhorias.

Galaxy A51. Foto: Paulo Barba (@barbaaa)
Galaxy A51. Foto: Paulo Barba (@barbaaa)
  • Processador: Exynos 9611
  • Sistema operacional: Android 10 e One UI 2
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento Interno: 128 GB
  • Tela - Tipo: Super AMOLED
  • Tela - Tamanho: 6.5
  • Tela - Resolução: 2400 x 1080
  • Tela - Densidade: 405 ppi
  • Tela - Proteção: Gorilla Glass 3
  • Câmera principal: 12 MP, f/2.2, 13mm (ultrawide), 5 MP, f/2.4, 1/5.0 (Macro), 48 MP, f/2.0, 26mm (wide), 1/2.0 e 5 MP, f/2.2, depth sensor
  • Câmera Frontal: 32 MP, f/2.2, 26mm (wide), 1/2.8
  • Bateria: 4000 mAh
  • Carregador: 15W
  • Samsung Galaxy A51 - Ficha técnica completa

O maior diferencial desse telefone está no conjunto de câmeras, quádruplo também, com 48MP abertura f/2.0 como principal, 12MP abertura f/2.2 de ultrawide, 5MP abertura f/2.4 lente macro e 5MP abertura f/2.2 profundidade de campo. E frontal de 32MP abertura f/2.2. Notamos aqui o mesmo conjunto utilizado no A71, exceto pela câmera principal.

Certamente podemos ver evolução nas câmeras como principal desafio da Samsung para estes dois produtos.

A disponibilidade e preços

  • O A51 está disponível a partir de hoje, custando R$ 2199 nas cores Azul, Branco ou Preto.
  • Já o A71 estará disponível na segunda quinzena de fevereiro, nas cores preto, azul e prata, custando R$ 2799.

E você gostou das melhorias dos aparelhos? Comente abaixo.