Oficina da Net Logo

O Razr da Motorola será relançado como smartphone dobrável de US$ 1.500

Lenovo deve relançar o modelo Razr já no próximo mês como um smartphone dobrável. Porém, o que assusta é o preço que deve ser cobrado por ele, que seria de US$ 1.500.

Por | @fsbeling Smartphones Pular para comentários

Na última década, os dispositivos da linha Galaxy, da Samsung, e o iPhone da Apple se tornaram os grandes destaques no mercado de smartphones. Entretanto, anteriormente, outros nomes dominaram o segmento, como por exemplo, o Motorola Razr.

O Motorola Razr é um flip phone que ainda estamos falando até hoje, fabricando pela Motorola, que foi adquirida pela Lenovo em 2014. Agora, conforme informações do Wall Street Journal, depois de todo esse tempo, parece que a Lenovo finalmente trará a marca de volta à vida, isso porque a princípio a fabricante de telefones em parceria com a Verizon pretende trazer de volta o Razr.

Entretanto, o que chama a atenção é o preço a ser cobrado pela nova versão do aparelho com tela dobrável, que seria de US$ 1.500, em conversão direta, R$ 5.638.

Segundo o Wall Street Journal o dispositivo estaria sendo testado, mas já teria previsão de lançamento para o próximo mês.

Razr será relançado pela Lenovo.Razr será relançado pela Lenovo.

Os displays dobráveis devem ganhar força em 2019. Pessoas familiarizadas com os planos da Lenovo dizem ao WSJ que a Lenovo "planeja fabricar cerca de 200.000 dos novos telefones de última geração". Enquanto disponível, foram mais de 130 milhões de unidades vendidas em todo o mundo. Veremos agora, se o novo modelo também fará tanto sucesso. 

Patente da Motorola MobilityPatente da Motorola Mobility

Esta não é a primeira vez que a marca Razr monta um retorno, já que a Motorola lançou o  Droid Razr em 2011. Mas, a essa altura, a Motorola estava de saída e outras fabricantes de celulares tomaram o seu lugar. Agora, oito anos depois, a Lenovo pretende relançar este modelo.

Veremos o que o modelo repaginado do Razr trará de novidade aos consumidores, pois será difícil concorrer em um mercado onde temos os atuais da linha Galaxy, com os próximos modelos chegando agora em fevereiro, no caso, o Galaxy S10 e o Galaxy F (smartphone dobrável da Samsung). E, também, com o iPhone XS, da Apple.

VIA: BGR

Assista ao nosso último vídeo: