Oficina da Net Logo

Google pode estar trabalhando em um Pixel mais barato para os mercados emergentes

Segundo fontes do Economic Times, a Google pode estar criando um novo Pixel intermediário com preço mais acessível para os mercados emergentes.

Por | @ingridjank Smartphones

Os smartphones da linha Pixel, da Google, fazem um grande sucesso por aí, mas para os brasileiros esse produto só é possível de se obter por importação. Essa realidade pode estar mudando, pois a empresa planeja criar um dispositivo intermediário sob medida voltado ao mercado emergente, e isso pode incluir o Brasil.

Segundo fontes do Economic Times, este produto terá um preço mais acessível e poderá ser lançado já entre julho e agosto deste ano. De início, a Índia será o primeiro país a receber o Google Pixel intermediário, já que o país é um dos que mais consome aparelhos dessa categoria aos mais básicos. A Samsung e a Apple também estão de olho nessa região, por seu potencial de venda de produtos mais econômicos.

Google Pixel 2Google Pixel 2

A Google vem investindo na Índia há um tempo, com a iniciativa do Android Go para o segmento de nível de entrada, o Android One para quem prefere aparelhos mais baratos e a série da Pixel 2, que ficam na categoria de produtos premium.

A linha Nexus de smartphones da Google foi um produto que também fez sucesso na Índia, porém, depois de seu descontinuamento e substituição pela linha Pixel, o mercado da Google perdeu o grande espaço que tinha para a OnePlus, que tem seu maior mercado global no país.

Além do produto intermediário, a Índia ganhará mais produtos da Google, que procura expandir sua gama de produtos ao levar o Google Home, o Google Wi-fi e o Pixelbook para o mercado indiano. Em março, alguns executivos da empresa comentaram sobre os planos de expansão: “A Google está animada com a expansão dos negócios de produtos de consumo na Índia, com o advento da Internet 4G barata, liderada pela Reliance Jio e outras operadoras, que, segundo ela, ajudará a maximizar o potencial desses produtos.”

Leia também:

A empresa pretende bater de frente com empresas como Samsung e Apple, ao expandir sua área de atuação no varejo e comercializar agressivamente seus produtos. Por exemplo, o Pixel 2 teve sucesso entre os modelos de primeira geração na índia. A empresa também pretende trabalhar na marca e na sinalização das lojas, que serão zonas exclusivas com os acessórios projetados especialmente para a marca, como a Apple.

 

MAIS SOBRE: #Google Pixel  #smartphones  #Brasil  #Índia
Comentários