União Europeia mantém investigações sobre Google mesmo com definição do FTC dos EUA

UE diz que o fim da investigação nos Estados Unidos não interfere no inquérito sobre o Google pela manipulação de buscas

Por | @marciobohrer Internet

Mesmo com o arquivamento das investigações dos norte-americanos relacionadas ao abuso de poder do Google sobre seus concorrentes em seu site de buscas na internet, a Comissão Europeia, que há dois anos investiga as mesmas acusações, não deixará de prosseguir com o inquérito. O Google é acusado de listar seus produtos e serviços em primeiro plano nas buscas realizadas em seu próprio site.

"Estamos cientes da decisão da Comissão Federal de Comércio, mas não tem influência direta sobre nossa investigação e nossa negociação com o Google, que continuam", afirmou o porta-voz da Comissão Europeia, Michael Jennings.

Empresas como a Microsoft, por exemplo, empilharam acusações sobre tal favorecimento. Mesmo assim, a Comissão Federal do Comércio (FTC) encerrou as investigações nesta quinta-feira, 03/01, alegando não ter provas que confirmassem a manipulação dos resultados das buscas no site de pesquisas mais utilizado no mundo.

Mais sobre: Google internet
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo