Gradiente surpreende o mundo ao apresentar seu smartphone

Com uma repercussão muito grande, a Gradiente surpreendeu o mundo nesta semana ao apresentar seu novo smartphone com a denominação iPhone. De acordo com a própria companhia brasileira, a mesma possui os direitos de uso do nome no Brasil desde 2008

Por | @oficinadanet Internet

Com uma repercussão muito grande, a Gradiente surpreendeu o mundo nesta semana ao apresentar seu novo smartphone com a denominação iPhone. De acordo com a própria companhia brasileira, a mesma possui os direitos de uso do nome no Brasil desde 2008, sendo que o jornal inglês Daily Mail não perdeu tempo para colocar mais lenha na fogueira quando publicou o seguinte: “O novo iPhone que roda Android” “Empresa brasileira atrevida aproveita status de culto da Apple com o gadget de nome semelhante”.

O texto ainda destaca que se o usuário deixar o nome de lado, achará poucas semelhanças entre os dois smartphones. O iPhone da brasileira Gradiente possui uma tela de 3,7 polegadas, com uma câmera de 5 megapixels e equipado com sistema operacional Android 2.3, bastante ultrapassado para quem quer usar um nome bastante conhecido no mundo dos smartphones.

Além do que já destacamos, o iPhone da Gradiente vem equipado com capacidade de uso para até dois chips, ou seja, é dual-chip, possui também conectividade Wi-Fi, 3G e Bluetooth, além de trazer slot para cartão de memória. A Gradiente em nota publicou dizendo que, “Nossa empresa é detentora exclusiva dos direitos de registro sob a marca iPhone no País desde 2008”.

Vale salientar aos leitores que a empresa brasileira efetuou o pedido de registro em 2000 ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial, recebendo tal autorização somente em 2008; mas tal direito terá validade somente até 2018.

Para diversos sites especializados em tecnologia, isso foi uma grande brincadeira por parte da empresa brasileira, onde até mesmo sites como o Engadget diz que, “Os advogados cancelam a pausa de Natal” e completa dizendo que, “Não achamos que muitas pessoas serão enganada pelo novo iPhonem”. Já o grande jornal americano Wall Street Journal, destaca que a disputa legal pela denominação pode levar anos, sendo que a lei brasileira recompensa o primeiro a chegar..., na mesma publicação o jornal ainda destaca que a Gradiente sofreu com sérios problemas financeiros em 2008 e agora está buscando revitalizar sua marca, isso tudo após acordo com seus credores.

Sendo assim, essa briga por quem tem ou não o direito de uso da marca iPhone está apenas começando, próximos capítulos virão.

Mais sobre: gradiente smartphone iphone
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo