Como funciona um CD, DVD, Blu-Ray?

Aprenda como funciona um CD, DVD, Blu-Ray e quais as diferenças entre eles. Fazendo uma breve retrospectiva da vida digital, primeiramente tivemos os disquetes, que armazenavam uma pequena de quantidade de dados; no quesito filmes, as fitas, que precisávamos rebobina-las antes de entregar...

Por | @RafaelaPozzebon Hardware

Fazendo uma breve retrospectiva da vida digital, primeiramente tivemos os disquetes, que armazenavam uma pequena de quantidade de dados; no quesito filmes, as fitas, que precisávamos rebobina-las antes de entregar a locadora. Para melhorar a nova situação, surgiram os CDs e DVDs, que tinham e tem, a capacidade de armazenar muito mais coisas do que  as antigas tecnologias. Para completar, surgiu o Blu-Ray, na qual foi considerado uma grande aposta que seria capaz de derrubar o DVD.

Abaixo, vamos conhecer um pouco mais de cada um deles e em seguida e como é o funcionamento de cada um deles.

 

CD

Os discos compactos, popularmente chamados de CDs, possuem quatro camadas e praticamente toda a sua espessura (99%) é de policarbonato. O restante (1%), é dividido em três camadas: uma refletiva, camada de proteção e a etiqueta decorativa do CD.

Assim, podemos dizer que sua estrutura básica é de policarbonato fundido. Um dos lados do CD conta com uma camada metálica, no geral, de prata, porém, pode haver de ouro ou platina. Os dados são armazenados nessas camadas. A integridade do disco é mantida através de uma camada seladora.

Existem dois tipos de CDs, os graváveis (CD-R) e os não-graváveis. Os não- graváveis, como os CDS de artistas musicais, nunca sofrerão alguma alteração. Para tanto, no CD-R, por ele ter uma camada adicional, poderá ser gravado sem problemas.

Nos CDs que podem ser gravados, há uma tinta esverdeada na nova camada. A partir disso, o laser pode registrar novos dados no CD. Nos CDs regraváveis (CD-RW), a camada de tinta costuma ser transparente ou mesmo opaca, nesses, é possível registrar novos dados quantas vezes desejar.

  

DVD

A tecnologia empregada em um disco de vídeo digital (DVD) é muito parecida com a de um CD, que vimos logo acima. A diferença básica entre eles é que o DVD tem capacidade de armazenamento maior do que o CD e isso se dá porque seus sulcos são menores e consequentemente as faixas estão mais perto entre si.

O DVD, igualmente ao CD, possui sua composição básica de policarbonato, assim, sobre a primeira camada existe uma camada específica para a gravação de dados. Esta camada fica localizada sobre uma camada metálica protetora e também sobre uma nova camada de policarbonato. O DVD conta com uma camada a mais que o CD.

Os DVDs, igualmente aos CDs, podem ser graváveis ou regraváveis, de uma ou duas camadas, de uma ou duas faces.  Assim, um disco com dupla camada conta com duas camadas para gravação, e um de dupla face e também dupla camada, somando quatro camadas.

 

Blu-Ray

O Blue-Ray recebeu esse nome em decorrência aos raios azuis que são capazes de ler o seu conteúdo. Os DVDs, para quem não sabe, usam raios vermelhos. O Blu-Ray, se comparado ao DVD, é muito mais resiste e tem capacidade de armazenar muito mais conteúdo.

O disco Blu-Ray conta com uma camada bastante dura de revestimento, outra camada de cobertura, uma protetora e depois de tudo, a camada de responsável pela gravação. Sobre todas elas ainda está uma camada protetora, uma refletora, uma camada de policarbonato, e por último, a etiqueta impressa, totalizando oito camadas.

O Blu-Ray tem a vantagem de oferecer maior aproveitamento na gravação de dados. O Blu-Ray conta com discos de camada dupla que podem gravar até 50 GB de dados, totalizando 4,5 horas de vídeos em alta definição. O raio azul tem papel muito importante, por ter feixe menor do que o raio vermelho ele focaliza com maior precisão.

 

Qual a diferença entre Blu-Ray e DVD

A diferença entre o DVD e o Blu-ray aparentemente não é tão grande, como vimos acima, na verdade seu grande diferencial está na sua capacidade de armazenamento e qualidade da imagem. O DVD (Digital Video Disc ou Digital Versatile Disc) foi criado em 1995. Possui capacidade de 8,5 GB, o DVD armazena filmes e shows com até 480 linhas verticais não-entrelaçadas (480p), resolução conhecida como EDTV, formato intermediário entre a resolução padrão (SDTV) e a alta definição (HD).

O DVD possui ranhuras cerca de 500mm, na qual a informação é armazenada de em números binários e a leitura é realizada através de um laser vermelho com ondas de comprimento de 650mm, lendo a mídia em rotação do centro até a extremidade, e de modo que as ranhuras são preenchidas ou não é assim gerado um padrão de difração de luz que é traduzido pelo leitor óptico.

O Blu-Ray, por sua vez, é um formato visto com uma nova geração para filmes e shows em alta definição (HD, 720p, ou Full HD, 1080p).Mesmo tendo o mesmo diâmetro do DVD, é capaz de armazenar até 50 GB. Ele utiliza um laser azul com onda de comprimento de 405mm, inferior ao laser vermelho, sendo que desta forma as ranhuras podem ser menores e o disco tem capacidade de armazenagem superior, deste modo, poderá armazenar imagens de alta definição, como as geradas pela TV Digital.

 

Características de cada um:

Como funciona um CD, DVD, Blu-Ray?

Mais sobre: comofunciona, cd, dvd
Share Tweet
Mais compartilhados
Comentários
Continue lendo
    AINDA NÃO SE INSCREVEU?

    Vem ver os vídeos legais que
    estamos produzindo no Youtube.