Google vence Xuxa e poderá continuar exibindo fotos da “rainha dos baixinhos”

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça não deve estar agradando nada a “rainha dos baixinhos”.

Por | @oficinadanet Internet

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça não deve estar agradando nada a “rainha dos baixinhos”.  A apresentadora Xuxa havia conseguido uma liminar para a retirada de conteúdo com ligação a pedofilia e sexo em que envolvesse o seu nome. A multa para o Google, expedida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro era de R$ 20 mil para cada link com o conteúdo.

Grande parte desses links está relacionado ao filme “Amor estranho amor”, lançado em 1982, em que Xuxa aparece em cenas sensuais com um adolescente.  Este conteúdo, no geral, aparece em sites de pedofilia e sexo.

De acordo com a diretora jurídica do Google, Fabiana Siviero, Xuxa conseguiu uma liminar ainda em 2010 para que o conteúdo envolvendo seu nome e “pedófila” fossem retirados.  "Ela pedia para retirar links para suas fotos em ensaios para revistas e também para os vídeos do filme Amor Estranho Amor", diz Fabiana.

Os advogados da apresentadora podem ainda entrar com um novo recurso, mesmo com a decisão do STJ, para tanto, desta vez deverá ocorrer no Supremo Tribunal Federal (STF).  "Em princípio é possível, mas acho difícil, porque a decisão do STJ é final", diz Fabiana.

Mais sobre: xuxa filme amor estranho amor
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo