Microsoft prestes a lançar seu próprio tablet

A Microsoft está prestes a entrar em mais uma guerra com as gigantes da TI. A ideia agora é lançar um tablet próprio. A empresa convocou a imprensa americana para um grande anúncio na próxima segunda-feira.

Microsoft prestes a lançar seu próprio tablet

A Microsoft está prestes a entrar em mais uma guerra com as gigantes da TI. A ideia agora é lançar um tablet próprio. A empresa convocou a imprensa americana para um "grande anúncio" na próxima segunda-feira. Analistas confirmar que a MS estaria disposta a brigar pelo mercado que hoje é dominado pelo iPad da Apple.

O site "The Wrap", que citou fontes anônimas ligadas à própria Microsoft, afirmou que a empresa planeja entrar neste mercado já há algum tempo e que o anúncio tratará disso.

A informação surpreende porque vai contra a estratégia habitual da Microsoft, que é fornecer o software e deixar a fabricação dos equipamentos a cargo de parceiros.A Microsoft não dá detalhes sobre o que será apresentado, mas é muito provável que o evento tenha relação com os tablets.

O novo aparelho deve rodar o Windows RT, versão para tablets do Windows 8, e contar com o processador de 32 bits (Arquitetura ARM, comum em PCs). É improvável que o novo dispositivo tenha preço muito competitivo. Especula-se mesmo que ele pode ser até mais caro do que o iPad.

De acordo com o Wall Street Journal, a companhia também vai aproveitar o evento para mostrar alguns aplicativos rodando no tablet. A expectativa é que o aparelho da empresa chegue ao mercado em duas versões: uma mais robusta, com sistema operacional profissional, e uma casual, voltada ao usuário menos familiarizado com as novas tecnologias.  

 

Fará sucesso, ou será mais um Zune?

O planejamento de lançar este novo aparelho surpreende a todos que esperavam que a empresa fosse focar apenas no software que roda atrás dos tablets, como é o padrão da empresa. A criação do dispositivo será um novo produto, porém, o que esperar do "MS tablet"? A empresa já tentou fabricar seu próprio hardware antes, com resultados variados. Em pelo menos um caso, ela fracassou. O Zune, lançado em 2006, foi uma tentativa de criar um concorrente para o iPod. O player de música da Microsoft era tecnicamente avançado, mas nunca caiu no gosto do público. Foi oficialmente descontinuado no ano passado.

Mas há também o exemplo contrário. O console para jogos Xbox, que chegou às lojas em 2001, conseguiu competir com sucesso contra os produtos rivais da Sony e da Nintendo. Foi, também, a plataforma onde floresceu uma das inovações mais interessantes da Microsoft nos últimos anos, o sensor de movimentos Kinect.

Vamos aguardar segunda-feira para saber o que virá.

5 celulares para NÃO COMPRAR em 2021

Conteúdo relacionado

Melhores celulares da Xiaomi para comprar em 2021
Xiaomi

Melhores celulares da Xiaomi para comprar em 2021

Qual marca consegue oferecer modelos de celular que sejam bons e que não custe tanto? É provável que você tenha pensado na Xiaomi, e sim, você está certo. Confira a nossa lista de melhores modelos da empresa para comprar atualmente!

Ocean Plastic Mouse é o novo periférico da Microsoft feito com 20% de plástico marinho
Hardware

Ocean Plastic Mouse é o novo periférico da Microsoft feito com 20% de plástico marinho

Microsoft anuncia mouse sem fio feito de materiais recicláveis! Conheça o Ocean Plastic Mouse e saiba como ele foi desenvolvido!

Microsoft agora está submergindo servidores em
Hardware

Microsoft agora está submergindo servidores em "banheiras"

É anunciado pela Microsoft iniciativa de resfriamento líquido em servidores de nuvem. Confira como foi realizada a técnica de refrigeração para não gerar nenhum gasto energético para este fim.