Microsoft diz que mais de 12 mil computadores já foram infectados com Petya

Malware infectou, inclusive, computadores do Brasil. Microsoft já liberou medidas de segurança.

Por Windows Pular para comentários
Microsoft diz que mais de 12 mil computadores já foram infectados com Petya

De acordo com informações da Microsoft, o Petya já infectou mais de 12.500 máquinas somente na Ucrânia, local em que o malware foi identificado pela primeira vez. A empresa diz que os casos de computadores infectados pelo ransomware também ocorreram no Brasil e ainda em outros 63 países diferentes, entre eles a Alemanha, Bélgica, Rússia e Estados Unidos.

A empresa diz que os computadores equipados com o Windows Defender atualizado para aversão 1.247.197.0 estão protegidos contra o ataque.

O Petya, semelhante ao WannaCry, explora as brechas de segurança do SMB1 do Windows, com o diferencial de que em vez de encriptar os arquivos de modo individual, encripta o disco rígido (HD) inteiro. Assim, a vítima não consegue nem mais ligar o computador.

Petya
Petya

O Petya tem comportamento de um worm, ou seja, propaga-se por computadores conectados em rede. A Microsoft, conforme suas investigações, disse que o ransomware compartilha códigos semelhantes e é uma nova e ainda mais sofisticada variação do Ransom: Win32/Petya.

A Microsoft, para proteger os usuários da falha, liberou atualizações de segurança para o Windows, via Windows Update. O vírus pode ainda ser disseminado através de arquivos enviados por e-mail e links maliciosos distribuídos online.

Segundo ainda com a Microsoft, também foram feitas atualizações contra o Petya, que já foram entregues a todos os produtos antimalware gratuitos da Microsoft, incluindo o Windows Defender Antivirus e o Microsoft Security Essentials.

Leia também: Diferença entre Ransomware, RAT, Backdoor, Worm e Bot. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários