Microsoft, Facebook, YouTube e Twitter criam Fórum Global de Internet de Combate ao Terrorismo

Empresas de tecnologia se unem contra o terrorismo online. Ideia é diminuir a disseminação de tais conteúdos.

Por | @RafaelaPozzebon Internet

Nesta segunda-feira (26), o Facebook, Microsoft, Twitter e YouTube anunciaram o Fórum Global de Internet de Combate ao Terrorismo, que irá reunir as empresas de internet para tentar combater o terrorismo, colaborando para manter os serviços hostis a terroristas e extremistas violentos.

Facebook, Twitter, Youtube e Microsoft unidas contra o terrorismoYoutube e Microsoft unidas contra o terrorismo" src="https://www.oficinadanet.com.br/imagens/post/19429/terrorismo.jpg" alt="Facebook, Twitter, Youtube e Microsoft unidas contra o terrorismo" />Facebook, Twitter, Youtube e Microsoft unidas contra o terrorismoA disseminação de terrorismo e extremismo é um problema bastante grave no mundo e um desafio para todos. Por essa razão, o tema está sendo levado muito a sério, e as companhias estão desenvolvendo políticas e práticas de remoção de conteúdo para garantir uma ação eficaz que está relacionada ao terrorismo ou extremismo nas plataformas. Assim, trabalhando juntos, e compartilhando as melhores práticas operacionais o impacto para o controle do conteúdo terrorista online será melhor.

O fórum está baseado em iniciativas globais recentes, o que inclui o Fórum da internet da União Europeia e a Base de dados de Hash da indústria, discussões entre o Reino Unido e outros governos, e as conclusões de recentes encontros do G7 e do Conselho Europeu. O Fórum irá formalizar e estruturar as áreas de colaboração existentes e futuras entre as companhias, bem como ampliar a cooperação com empresas de tecnologia menores, grupos de sociedade civil, governos e entidades supragovernamentais como a União Europeia e a ONU.

A intenção é aperfeiçoar o trabalho ao longo do tempo e os esforços estarão concentrados em alguns pontos:

1.Soluções tecnológicas: As companhias irão trabalhar unidas, compartilhando práticas e ainda desenvolvendo melhorias.

2.Pesquisa: Realização de pesquisas para guiar os esforços contra o terrorismo e decisões técnicas sobre padrões de comunidade futuros e remoção de conteúdos terrorista.

3.Conhecimento compartilhado: A ideia ainda está centrada em trabalhar com especialistas em antiterrorismo, como governos, grupos da sociedade civil, acadêmicos e também outras companhias que possam contribuir na troca de conhecimento.

Mais sobre: terrorismo, Youtube, Twitter
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.