Os 5 erros mais comuns no marketing de conteúdo (segundo a sua audiência)

Descubra nesse artigo quais são os erros mais comuns no marketing de conteúdo cometidos pelas empresas.

Por | @oficinadanet Marketing Digital

Cada vez mais, sentimos o crescimento na oferta de conteúdos, com diversos formatos, canais e pontos de vista. Porém, esse overload de informações também gera na audiência uma certa aversão a conteúdos rasos, desconexos, e que não foram pensados e produzidos de forma realmente relevante. Assim, a SEO1Click foi buscar com o público-alvo, ou seja, os usuários, quais são os erros mais comuns no marketing de conteúdo cometidos pelas empresas.

Vamos a eles!

1) Ser muito orientado a vendas!

Focar demais nos seus produtos/serviços e tentar explicitamente promover sua marca em todos os seus conteúdos é o primeiro erro apontado. Em vez disso, crie conteúdos educacionais e informativos.

E não se esqueça de entreter sua audiência! Isso não significa postar vídeos de gatinhos e bebês (se não for adequado à sua estratégia de imagem de marca), mas sim ser criativo nos formatos, na linguagem e aproveitar assuntos que estão em voga.

Cooompre Baton, compre Baton...Cooompre Baton, compre Baton...

2) Não escrever para um público específico - e principalmente, não saber quem é esse seu público!

Assuntos muito genéricos e não direcionados para os problemas e questões que o seu público tem também incomodam bastante os usuários.

Levante os desafios e motivações do seu público, identificando quem é a sua buyer persona e sua jornada de compra.

E sobre conhecer melhor o seu público, no final desse post selecionei duas ferramentas legais para te ajudar a traçar o perfil da sua audiência.

3) Focar demais em escrever para o Google

SEO é importante? Siiiim! Porém, encher o seu texto com as palavras-chave e pensar em link building como a grande prioridade também são pontos que irritam os usuários.

Antes de qualquer coisa, escreva para as PESSOAS! Se elas gostarem do seu conteúdo, os mecanismos de busca vão entender que ele é relevante.

4) Postar com muita ou pouca frequência

Um conteúdo hoje, outro daqui a 3 meses, e depois outro com 15 dias. Ou ainda, post novo e e-mail todo dia! Tenho certeza de que você não gosta de receber tantos conteúdos por email e precisar limpar sua caixa todos os dias. Também não curte esperar por um conteúdo que você gosta sem saber quando o próximo virá.

Em vez disso, crie um calendário de conteúdo, siga e mantenha a regularidade. Desenvolva editorias, que são os tópicos principais que serão abordados na sua estratégia. Lembre-se de expandir o universo dos seus conteúdos: uma loja de roupas, por exemplo, pode falar de moda, criatividade, estilo, viagens, esportes… as possibilidades são infinitas!

Frequência de publicaçãoFrequência de publicação

 

5) Formatação monótona

Deixe os "textões" para reclamar de política no Facebook. Blocos de texto muito grandes, sem quebras, subtítulos, imagens e vídeos são chatos, simples assim.

Atenção à formataçãoAtenção à formatação

Torne o conteúdo fácil de se "escanear", ou seja, permitir ao usuário encontrar facilmente aquilo que mais o interessa. Deixe-o respirar um pouco. Encontre um equilíbrio entre a quantidade de texto e o visual.

Indico, inclusive, a leitura desse post em que falo das 7 lições da Apple para conteúdo web. Nele, já o primeiro ponto é "escrever para escaneadores". Além disso, o post traz sugestões muito bacanas sobre como escrever de forma épica e persuasiva.

6) Erro bônus - os Caça-Cliques

Hoje tive uma conversa com o pessoal da Outbrain, plataforma de recomendação de conteúdo em grandes portais. E um dos pontos que mais me chamaram a atenção na conversa foi sobre o novo direcionamento da empresa, que irá barrar conteúdos que, com um título caça-clique DEMAIS, chegam a parecer fake news.

Por exemplo: sabe aquele conteúdo que você vê abaixo de uma notícia de um portal que diz "Faça como a Elisa de [sua cidade] e perca 10kg em uma semana"? Então, isso será cortado pela plataforma a partir de agora, porque é algo que incomoda tanto os usuários a ponto de estar queimando o formato como um todo.

Além disso, o Facebook nos últimos anos vem travando uma verdadeira guerra contra as fake news e o clickbait, ou os caça-cliques. Inclusive, recentemente, anunciou mais uma mudança no algoritmo para coibir a prática de títulos sensacionalistas, spammers ou que possam induzir o usuário a erro.

--

E você? O que achou desses erros comuns em marketing de conteúdo? Já cometeu ou comete algum deles? Revise sua estratégia, acerte esses detalhes e cative sua audiência. Trabalhar direitinho vale a pena!

Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo