Amazon Prime Video - um concorrente à altura da Netflix?

Será que a maior loja online do mundo conseguirá acabar com o domínio da Netflix no mercado de streaming?

Por | @Evilmaax Entretenimento

Netflix é o maior serviço de streaming do mundo. Completa 20 anos de idade agora em 2017, está presente em 99% dos países e tem um catálogo de peso; e nós, brasileiros, temos a 2º maior disponibilidade de filmes e séries, perdendo apenas para os americanos.

Assim fica difícil para a concorrência, certo?

Fica, mas isso não quer dizer que os concorrentes não farão de tudo para conseguir novos assinantes. Na verdade, eles já estão fazendo: excelentes promoções, catálogo diferenciado, títulos originais, séries exclusiva, etc. E esse é o caso da Amazon Prime Video!

Bem mais barato que a Netflix e com títulos que os brasileiros adorariam ver sem ter de usar os terríveis métodos do The Pirate Bay, o serviço chegou no país há pouco e sem muita propaganda, mas vem aumentando a legião de assinantes em ritmo avançado a cada mês que passa.

Não conhece ainda o serviço da Amazon? Ficou curioso se vale a pena? Vamos ver quais as principais armas da gigante americana do varejo para brigar de frente com a gigante do streaming.

A Amazon

Talvez seja interessante uma breve introdução à Amazon, já que ela está no Brasil há pouco tempo.

Criada pelo visionário Jeff Bezos há quase 25 anos, ela é a maior loja online do mundo em número de vendas e valor de mercado (quase meio TRILHÃO de dólares) e a 7ª marca mais valiosa do mundo.

Com tanto dinheiro em caixa e um dos líderes da revolução digital, é de se esperar que a Amazon e a Prime seja referência em inovações nos mercados em que atuam.

Um dos "pequenos" armazéns da AmazonUm dos "pequenos" armazéns da Amazon

Sabe aquele esqueminha de baixar os títulos para assistir offline que a Netflix propagandeou como uma das maiores inovações do mundo do streaming? Pois bem, a Amazon já o tinha em seu Prime há mais de ano. E mais: o algoritmo do Prime analisa o que você assiste e baixa, automaticamente, títulos baseados naquilo que você gosta. Sempre uma surpresa agradável para você.

Além disso a Amazon também foi a pioneira no mercado de assistentes pessoas para a casa, com o Amazon Echo, a primeira a iniciar os testes com entregas via drone, Jeff Bezos criou uma das primeiras empresas de turismo espacial, etc. Ou seja: Inovação não falta por aqui, mas vamos voltar ao streaming e analisar uma categoria bastante importante: preço.

Quanto vou pagar?

Lembra quando a Netflix começou custando seus 4 ou 5 dólares? Pois bem a estratégia era fazer com que as pessoas adentrassem o desconhecido mundo do streaming e aos poucos abandonassem os dvd’s e blu-rays.

Pois bem, essa é a ideia da Amazon Video: conquistar um público que está bem acomodado com outro provedor de serviço. Em outras palavras: Mostrar aos usuários que o mundo do streaming é mais do que Netflix. E para isso eles oferecem um precinho camarada.

O preço inicial do Prime é de US$ 2.99 nos primeiros 6 meses e depois US$ 5.99 por mês, respectivamente R$ 10 e R$ 20, aproximadamente.

Hoje o preço do pacote básico da Netflix (que não oferece HD e Ultra HD, além de somente 1 tela) custa o mesmo do Prime Video com seu preço integral sem desconto. Além de ser mais barato, o Prime não tem distinção de planos e, assim, não cobra a mais por conteúdo HD ou Ultra HD, nem por telas adicionais (você pode assistir o conteúdo em até 3 tela simultâneas).

Quanto ao período de testes a Prime é mais modesta: Oferece somente 7 dias de acesso gratuito, enquanto a principal concorrente oferece 30.

Amazon Prime Video - um concorrente à altura da Netflix?

Legal, certo? Mas como a Amazon consegue ter o preço mais baixo e ainda assim oferecer vantagens que a Netflix precisa cobrar separadamente para oferecer? O catálogo, é claro.

Catálogo x catálogo

Hoje o catálogo da Amazon Prime é muito inferior em quantidade de títulos, mas isso não quer dizer que o seja na qualidade, ou vai dizer que você nunca se pegou perguntando: “Nossa quanta coisa ruim na Netflix só para fazer volume”? Pois é.

As informações não são oficiais, mas a Netflix tem, aproximadamente pouco mais de 4 mil títulos no Brasil, já a Amazon Prime pouco mais de 400. Como disse, qualidade é diferente de quantidade e a Amazon tem alguns títulos que muitos assinantes da Netflix gostariam de ver.

American Gods (8.5 no IMDB): Baseada na série de livros de um dos mais famosos e bem-sucedidos escritores de fantasia (Neil Gaiman), esta série original da Amazon tornou-se um sucesso imediato após sua estreia. Ela conta a história de antigos deuses (Odin, por exemplo) que agora estão reencarnados em pessoas normais, levando vidas normais.

Com a ameaça de novos deuses que estão ficando cada vez mais fortes e querem acabar com o momento de paz, Odin começa a reunir os antigos deuses através dos EUA para uma iminente e épica batalha.

Certamente você já ouviu falar dessa série ou viu alguém surtando no Twitter/Facebook com a ação, suspense e gancho entre cada episódio (American Gods está sendo lançado no ritmo de 1 episódio por semana).

The Man in the High Castle (8.1 no IMDB): Também original da Prime e também baseado em um livro (homônimo escrito por Philip K. Dick), a série se passa em 1962, em uma realidade paralela, onde os nazistas venceram a segunda guerra mundial ao invés dos americanos.

Assim, os Estados Unidos foram divididos em 2: De um lado está sob domínio nazista, de outro, sob domínio japonês. Focando em personagens da resistência, agentes, espiões e oficias do exército a série coloca o espectador em uma realidade completamente diferente da que estamos acostumados. Não se espante, por exemplo, ao ver propagandas do führer e do regime nazista nos telões da Times Square em Nova Iorque ao invés das propagandas da Coca-Cola.

Seinfeld (8.9 no IMDB): Conseiderada por muitos críticos e revistas especializadas como a maior série de tv de todos os tempos, Seinfeld é um pedido constante entre os assinantes da concorrência. A série mostra a rotina do próprio comediante Jerry Seinfeld e seus amigos, onde, através dessa premissa simples, eles abordam diferentes temas e situações.

Seinfeld foi exibido por 9 temporadas e em todas elas ficou em 1º ou 2º lugar na audiência do respectivo ano. Além disso, a série é uma das mais premiadas da televisão americana.

Mr. Robot (8.6 no IMDB): Uma das séries de maior sucesso da tv americana do momento e a série estreante de 2015 de maior audiência, Mr. Robot conta a história de um hacker que começa a usar seus “poderes” para causas que ele considera justa e, assim, tornar o mundo um lugar melhor. 

A série é famosa por seus enigmas e códigos que extrapolam os episódios e acabam gerando verdadeiras caça ao tesouro na internet e no mundo real. Outra menção honrosa é que Mr. Robot conseguiu desbancar nomes como House of Cards em algumas premiações, como, por exemplo, melhor ator de uma série de drama do ano no Emmy.

Amazon Prime Video - um concorrente à altura da Netflix?

Entre outros títulos que o pessoal que assina a Netflix com certeza gostaria de assistir estão a série Fear the Walking Dead, que conta os fatos ocorridos antes do início da série The Walking Dead; The Warriors, um dos maiores clássicos dos anos 70/80 que conta a história de uma guerra de gangues na cidade de Nova Iorque e Beavis and Butthead, um dos desenhos adultos mais polêmicos já feitos. Todos esses são exclusividade Amazon Prime Video.

Futuro

Sim, o acervo ainda é limitado em número de títulos, mas não vamos esquecer que o Amazon Video tem a metade do tempo de operação da Netflix e não se faz um serviço de streaming da noite para o dia.

Quanto ao futuro dos lançamentos, as notícias são animadoras: a Amazon Video vem assinando contrato com grandes distribuidoras de filmes para trazer grandes sucessos do cinema para sua grade. A ideia é disponibilizar os títulos antes da Netflix e, ter exclusividade sobre eles no mercado de streaming.

Um exemplo é a Regency, responsável por títulos como “O Regresso” – que deu o tão merecido Oscar para Leonardo DiCaprio – e “Birdman”, um dos maiores sucessos do Oscar de 2015 (9 indicações e 4 vitórias, incluindo melhor filme e direção). O contrato foi firmado no início de 2017 e a expectativa é que em breve os títulos apareçam na grade. 

Comparação feita pela CNBC que mostra uma larga vantagem do Amazon Prime Video em relação a Netflix no quesito qualidade dos títulosComparação feita pela CNBC que mostra uma larga vantagem do Amazon Prime Video em relação a Netflix no quesito qualidade dos títulos

Opinião pessoal

Assino o Amazon Prime desde o ano passado quando morava nos EUA e usava para ter frete grátis e entrega relâmpago de um dia para o outro (sim, funciona e esse foi o trunfo da loja para se tornar a maior vendedora online do mundo). Um dia percebi que tinha acesso ao Prime Video em meu pacote e fui checar o que tinha disponível, já que estava incluso, ok.

Assisti alguns títulos no tablet próprio da Amazon (baratinho e muito bom) que conta com recursos muito legais – e que a Netflix não possui. Por exemplo: Ao pausar o vídeo em qualquer momento caixas de texto surgem na tela mostrando quais atores estão naquela cena, curiosidades do filme com seus respectivos momentos exatos (erros, referências, easter eggs), etc. Tudo com info do IMDB, maior site de cinema do mundo e com links internos: clique em um ator daquela cena e você verá a filmografia dele, os filmes disponíveis no catálogo, etc.

Vale a pena? Por 3 dólares por mês, não tem como não valer. Pense bem: Você gasta isso muitas vezes em um salgado horrível só por impulso 😝 Somente a série The Man in the High Castle e Mr. Robot já vão pagar o custo-benefício, garanto.

Amazon Prime Video - um concorrente à altura da Netflix?

P.S. a Amazon não cancela séries assim do nada, viu, Netflix? Volta Sense8

E aí, você já usa ou usou o Amazon Video? Gostou? Deixe sua opinião abaixo para nós.

Mais sobre: netflix Amazon Streaming
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar