Tráfego da internet, até 2020, será basicamente de vídeos

Vídeos irão se tornar tendência na internet. Eles já são responsáveis pela movimentação de milhões de dólares.

Por | @oficinadanet Internet

Em 2015, a publicidade online movimentou mais de R$ 9 bilhões, revelou um estudo do IAB e da Comscore. De acordo com o levantamento, mais de R$ 1,03 bilhão foram investidos em mídias com vídeos digitais. Em 2016, a receita de mídias digitais alcançou a marca de R$ 10,4 bilhões, um crescimento de 12%.

De acordo com uma pesquisa da CISCO, 80% do tráfego de dados da internet atualmente faz uso de vídeos. Conforme a empresa, somente em anúncios em vídeos, os gastos em 2016 somaram US$ 10 bilhões, 23% a mais do que em 2015.

Vídeos como tendência de tráfegoVídeos como tendência de tráfego

Celso Augusto Forster, cofundador da plataforma de streaming para transmissões de shows ao vivo ClapMe, diz que "o mercado como um todo está acordando para essa realidade".

"Impressiona o impacto e engajamento da audiência com o vídeo online, que é ainda maior nas transmissões ao vivo como fazemos para diversos artistas e marcas em suas fanpages. O salto de qualidade torna a experiência única, tanto para o fã (que busca a todo instante novas formas de interação e se aproxima do ídolo), quanto para os potenciais clientes e consumidores das marcas que promovem seus produtos e serviços - estreitando o laço emocional com a audiência", diz Forster.

E por falar em vídeos, acompanhe o nosso canal no Youtube, trazemos reviews, coberturas de eventos, dicas e tutoriais por lá.

Para 2019, a expectativa é que, nos Estados Unidos, o mercado possa ultrapassar a marca de US$ 14 bilhões para investimentos em ações direcionadas para a propaganda de vídeo digital.

Mais sobre: videos internet online
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar