Andy Rubin, criador do Android, apresenta o “Essential Phone”

O Smartphone possui especificações de ponta concorrendo com grandes flagships do mercado, tem acessórios com conexão magnética, processador Snapdragon 835 e display revestido com Gorilla Glass 5 ocupando cada canto da tela. Confira.

Por | @fsbeling Smartphones

Nesta terça-feira (30) finalmente Andy Rubin, um dos criadores do Android, apresentou seu smartphone tão esperado através de seus tweets que não davam pista alguma sobre como seria o novo aparelho que promete ser o "flagship" da empresa concorrendo com grandes marcas do mercado. Este é o verdadeiro smartphone Android.
Andy Rubin, criador do Android, apresenta o “Essential Phone”

O aparelho ganha destaque pela tela de 5,71 polegadas cujo display ocupa toda parte frontal dispensando as bordas, apenas contorna a câmera.

Outra novidade do aparelho é que a empresa vai disponibilizar vários acessórios para conectar no dispositivo através de um campo magnético representado na parte traseira por dois furinhos, como exemplos temos uma câmera 360°, carregador sem fio e um conector para transferência de dados.

Andy Rubin, criador do Android, apresenta o “Essential Phone”

Possui duas câmeras traseiras sendo que uma delas vem com sensor para capturar imagens monocromáticas, este sistema permite fazer fotos de alta qualidade mesmo em ambientes pouco iluminados.

Como podemos ver não existe logo estampada no smartphone. Segundo a empresa “ Seu telefone é uma propriedade pessoal, uma expressão pública de quem você é e no que acredita. Isso não significa que só porque tivemos uma pequena parte nesta construção que precisamos forçar você a anunciar esse fato a todos na sua vida”.

Especificações do aparelho

O aparelho Essential Phone é mais resistente, pois é constituído de cerâmica e titânio, o que deixa os concorrentes que são fabricados de alumínio com inveja. Deve resistir a quedas sem grandes problemas. Ainda não se sabe qual é a versão, mas seu sistema é Android.

A sua tela é de 5,71” tem resolução de (2.560 x 1.312) aceitando até 10 toques simultâneos e o display, revestido com Gorilla Glass 5, material quatro vezes mais forte, ocupa toda tela do aparelho o deixando sem bordas, aproveitando cada espacinho possível.

Contém porta USB-C e um leitor de impressões digitais na parte traseira do aparelho. O dispositivo vem com sistema de carregamento ultrarápido, com bateria de 3,040 mAh. Seu processador é Snapdragon 835 da Qualcomm com oito núcleos, sendo quatro de 1,9 GHz e quatro de 2,45 GHz.

Quanto as câmeras, possui duas na parte traseira de 13 megapixels, onde uma delas vem como sensor monocromático com abertura f/1.85 para aumentar a entrada de luz melhorando a qualidade das fotos em ambientes com pouca luminosidade. A maioria dos smartphones presentes no mercado possuem um sensor para criar efeitos de profundidade de imagem no lugar do sensor do Essential Phone.

Outra novidade é o sistema para aplicação de componentes externos na parte de trás do dispositivo que permite através da ligação magnética acomodar acessórios, assim como o Moto Z com os snaps.

Na parte frontal temos uma câmera de 8 MP com capacidade de gravar vídeos em 4K. Possui 128 GB de armazenamento interno. O que não existe no aparelho é a entrada para fones de ouvido, mas será vendido um adaptador USB-C no conjunto de acessórios para o smartphone.

O aparelho chegará no mercado em quatro opções de cores: preto, branco, chumbo e verde escuro. Deve custar em torno de US$ 699 (R$ 2.281) integrando especificações de ponta.

Mais sobre: smartphones lançamentos Andy Rubin
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo