Co-fundador do Wikipedia anuncia serviço para combater notícias falsas

Serviço novo da Wikipédia com ajuda da comunidade prevê evitar que notícias falsas sejam lançadas na web.

Por Internet Pular para comentários

Jimmy Wales, co-fundador do Wikipedia, tem como como meta combater as noticias falsas através de um equipamento próprio de jornalismo. Chamado de Wikitribune, o serviço contará com livre acesso e ainda irá usar crowdfunding para contratar repórteres com mais experiência. Eles terão a missão de trabalhar ao lado de voluntários que poderão sub-editar artigos, além de verificar histórias e sugerir nos tópicos.

"Esta será a primeira vez que jornalistas profissionais e cidadãos trabalharão lado a lado como iguais escrevendo histórias como eles acontecem, editando-os à medida que eles se desenvolvem e sempre apoiados por uma comunidade que verifica e revê todos os fatos", disse Wales.

Co-fundador do Wikipedia anuncia serviço para combater notícias falsasO sucesso da nova empreitada dependerá basicamente de doações de pessoas que também possuem o mesmo objetivo: a produção de notícias verdadeiras. O site deverá cobrir as notícias tradicionais, incluindo do Reino Unido e política internacional.

Todos os artigos do Wikitribune irão ter fontes detalhadas e links para transcrições completas, gravações de vídeo e áudio de entrevistas. As submissões leitor deverão ser aprovadas por um editor em tempo integral antes de surgirem no site.

Wales está bastante otimista com o seu novo projeto. Ele lembra que poucas pessoas acreditavam que o Wikipedia funcionaria, e mesmo que o site ainda não seja perfeito, ele conseguiu evitar a questão das notícias falsas, na grande maioria das vezes.

"Há uma variedade de pessoas que - se ele faz isso direito, vai vê-lo como uma plataforma de confiança", disse Wales à BBC. "Mas outras 10 a 20 pessoas não vão corrigir a notícia."

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(14,89%)
10(55,47%)
15(12,55%)
20(9,05%)
26(8,03%)