Facebook na luta contra pornografia de vingança

Grande maioria das vítimas de vingança pornô são mulheres. Iniciativa do Facebook tem como objetivo acabar com a propagação das imagens.

Por | @RafaelaPozzebon Redes sociais

Nesta quarta-feira (05), o Facebook revelou uma série de medidas que tem como propósito inibir o compartilhamento de imagens íntimas sem o consentimento da pessoa da imagem. A prática, conhecida como “pornografia de vingança” terá um olhar diferenciado pela rede social.

Facebook na luta contra pornografia de vingançaDe acordo com o próprio Facebook, as imagens desse tipo poderão ser denunciadas pelos demais usuários. Para isso, basta clicar na setinha para baixo que fica localizada no canto superior direito dos posts. As denúncias serão avaliadas por pessoas treinadas e com isso, elas poderão ser removidas bem como acarretar na suspensão da conta de quem as publicou. Além disso, a rede social irá oferecer um processo claro para recorrer da decisão.

Leia também:

Caso a imagem seja mesmo uma exposição íntima não-consentida, o Facebook irá usar uma tecnologia de “photo-matching” sobre ela. A técnica tem como base detectar imagens idênticas ou mesmo muito parecidas com a que foi compartilhada de modo abusivo para que elas não possam ser compartilhadas novamente.

Os usuários do Facebook, Messenger e Instagram que tentarem compartilhar fotos ou vídeos com esse teor, serão comunicados de que a postagem viola os padrões de comunidade da rede social, sendo assim, não serão publicadas. Para completar, o Facebook disse que firmou parceria com organizações que oferecem apoio a vítimas desse tipo de exposição.

Conforme a organização sem fins lucrativos Iniciativa para Direitos Civis Cibernéticos, 90% das vítimas de pornografia de vingança são mulheres. Destas, 93% afirmam ter sofrido sequelas emocionais, 51% pensaram em cometer suicídio e 49% foram perseguidas ou assediadas por outros usuários que viram o material na internet.

Mais sobre: facebook, instagram, messenger
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.