Aumento das tarifas de ligações é aprovado pela Anatel

A Vivo poderá aumentar o valor em 2,28%; a Oi, em 1,67%; a Sercomtel, em 1,35%; a Claro, em 0,88%; e a Algar Telecom, em 0,10%.

Por Smartphones Pular para comentários

Na quarta-feira (25), o Diário Oficial da União publicou uma decisão da Agência Nacional de Telecomunicações que libera as operadoras a aplicarem reajustes às tarifas cobradas pelas chamadas feitas através de telefone fixo para móvel.

Com isso, a Vivo poderá aumentar o valor em 2,28%; a Oi, em 1,67%; a Sercomtel, em 1,35%; a Claro, em 0,88%; e a Algar Telecom, em 0,10%.

Liagações de aparelhos fixos para móveis poderão ficar mais caras. Anatel aprova aumento no valor de tais chamadas. Anúncio foi publicado na quarta-feira no Diário Oficial da União.
Liagações de aparelhos fixos para móveis poderão ficar mais caras. Anatel aprova aumento no valor de tais chamadas. Anúncio foi publicado na quarta-feira (25) no Diário Oficial da União.   

As ligações feitas de fixo para o serviço de comunicação por rádio (chamado de trunking) também irão sofrer aumento. Os ajustes, neste caso, só poderão ser aplicados pela Vivo (2,28%), Sercomtel (1,35%), Algar (0,10%) e Oi (1,03%). A Claro não foi incluída.

"O último reajuste aplicado ao plano básico de serviço das concessionárias de telefonia fixa para chamadas para telefonia móvel ou trunking foi em 29 de setembro de 2015", justifica a Anatel.

"Os reajustes serão aplicados apenas para as linhas do plano básico da telefonia fixa em chamadas locais ou de longa distância nacional", explica a agência.

"Para que os novos valores possam ser aplicados, as prestadoras devem dar ampla publicidade ao reajuste nas localidades de prestação com antecedência mínima de dois dias", completou.

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(15,53%)
10(54,04%)
15(12,42%)
20(9,94%)
26(8,07%)