Foxconn já começa a substituir humanos por robôs na China

A Foxconn, além de iPhones, iPads, iPods e Macs, da Apple, ainda é responsável pela fabricação das placas da Intel, componentes da Dell e HP, do PlayStation, da Sony, do Xbox, da Microsoft, e também do Wii, da Nintendo.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

A Foxconn, empresa responsável pela fabricação de aparelhos da Apple e ainda de outras empresas, revelou os seus planos de automatizar a fabricação de eletrônicos em suas empresas na China. Com isso, muitos trabalhadores serão substituídos por robôs, disse o site Digitimes.

No Brasil, a Foxconn está instalada em três locais: Manaus (AM), Indaiatuba (SP) e Jundiaí (SP). A empresa não informou se as mudanças serão aplicadas por aqui também.

Foxconn já começa a substituir humanos por robôs na China

Leia também:

A Foxconn, além de iPhones, iPads, iPods e Macs, da Apple, ainda é responsável pela fabricação das placas da Intel, componentes da Dell e HP, do PlayStation, da Sony, do Xbox, da Microsoft, e também do Wii, da Nintendo.

De acordo com Dai Jia-peng, do comitê de desenvolvimento e automação da Foxconn a substituição irá acontecer em três fases.

Na primeira etapa, as estações de trabalho individuais serão automatizadas, começando por aquelas que exigem trabalho repetitivo dos trabalhadores ou que submetem os humanos a algum tipo de risco. Na segunda fase, a intenção é aumentar a performance ao eliminar da linha de produção o excesso de robôs.

Já na terceira fase, a fábrica inteira será automatizada. As pessoas exercerão apenas algumas funções, principalmente nas áreas de produção, logística, teste e de inspeção, disse Dai.

O plano já vem sendo aplicado em três fábricas chinesas da Fooxconn, porém, em diferentes estágios. As plantas de Chengdu, Shenzen e Zhengzhou já estão entre a segunda e terceira fases. A empresa já montou 40 mil robôs industriais em suas fábricas. 

Mais sobre: foxconn, apple, robos
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.