Para finalizar compra do LinkedIn, Microsoft precisa de aprovação da UE

De acordo com o representante Robin Koch, a Comissão Europeia definiu prazo de 22 de novembro para avaliar o negócio.

Por | @oficinadanet Negócios

Na sexta-feira (14), a Microsoft realizou pedido à União Europeia para a aprovação da compra da rede social LinkedIn. O negócio deverá custar US$ 26 bilhões, informou um porta-voz da companhia.

Para finalizar compra do LinkedIn, Microsoft precisa de aprovação da UE
Microsoft espera aprovação da UE para compara do LinkedIn. Negócio está valiado em 26 bilhões.

Leia também:

De acordo com o representante Robin Koch, a Comissão Europeia definiu prazo de 22 de novembro para avaliar o negócio. O órgão de defesa de concorrência do bloco irá decidir se vai liberar a operação com ou sem aplicação de restrição ou mesmo iniciar uma longa análise sobre as implicações do negócio.

Para finalizar compra do LinkedIn, Microsoft precisa de aprovação da UE
A Salesforce, companhia de software corporativo, alega que compra do LinkedIn pela Microsoft ameaça a concorrência.

A Salesforce, companhia norte-americana de software corporativo, tem feito várias críticas a compra do LinkedIn pela Microsoft, dizendo que o negócio, principalmente, ameaça a concorrência e inovação.

A Microsoft, por sua vez, deverá defender o seu negócio, alegando, inclusive, que existe mais do que competição suficiente na área sendo exercida pelo Facebook e outras redes sociais.

As autoridades de defesa da concorrência dos Estados Unidos, Brasil e Canadá já liberaram a transação. 

Mais sobre: microsoft linkedin compra
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter