Operadora espanhola irá permitir cobrança de dados por clientes

A iniciativa pretende atingir diretamente o Google, Apple e Facebook, que já arrecadaram uma grande fortuna utilizando os dados em massa de seus usuários.

Por | @oficinadanet Internet

A operadora espanhola Telefónica está desenvolvendo uma plataforma que irá permitir aos usuários a cobrança de dinheiro das gigantes da internet, como o Google, Apple e Facebook, pelo uso de dados pessoas. O anúncio foi feito pela própria empresa.

Levando em consideração a batalha atual pelo controle de dados privados, a companhia pretende contribuir para que os próprios usuários possam controlar os seus dados e assim monetizar os lucros através dos grandes grupos tecnológicos americanos.

Operadora espanhola irá permitir cobrança de dados por clientes

Leia também:

"A ideia é que os clientes possam saber quais dados possuem e qual o seu valor, e que o cliente decida o que fazer com eles, ou seja, quais deseja compartilhar e quais não", afirmou um porta-voz da companhia. O jornal El País disse que o objetivo é que o serviço esteja disponível já no próximo ano.

A iniciativa pretende atingir diretamente o Google, Apple e Facebook, que já arrecadaram uma grande fortuna utilizando os dados em massa de seus usuários.

De acordo com a Telefónica, o serviço não será cobrado do usuário, já que a iniciativa tem como objetivo consolidar a fidelidade por parte dos clientes.

José Maria Álvarez-Pallete, presidente do Grupo Telefónica, a iniciativa dará poderes ao usuário, já que, ele poderá optar por cobrar de empresas pelo uso de seus dados pessoais. A ideia é ainda que o sistema seja válido para desenvolvedores de outros aplicativos (além do Facebook, Google e Apple) que fazem uso dessas informações.

O negócio que envolve metadados representa um mercado bastante sofisticado e que movimenta milhões de dólares. No entanto, o modo em que tudo é feito é uma grande preocupação entre os usuários.

O Facebook, por exemplo, que comanda atualmente o WhatsApp, há pouco tempo revelou que compartilharia dados com o serviço de mensagens. A iniciativa não agradou a todos, certamente.

O Whatsapp conta com um bilhão de usuários em todo o mundo e a iniciativa faz com que o Facebook obtenha os dados os dados da plataforma de mensagens e com isso, os usuários recebam publicidade direcionada, tudo isso com a base de informações dos usuários.

Mais sobre: facebook google apple
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo