Após série de explosões, Samsung anuncia recall do Galaxy Note 7

A Samsung disse já ter encontrado a origem do problema, ou seja, está centrado em um lote de baterias defeituosas enviada por uma das fornecedoras.

Por | @RafaelaPozzebon Smartphones

Vários casos de explosões envolvendo o Galaxy Note 7 já foram relatados e diante o fato, a Samsung anunciou o recall do smartphone e ainda suspendeu a venda de novos produtos até que o problema seja sanado.

Após série de explosões, Samsung anuncia recall do Galaxy Note 7

Leia também:

A revelação foi feita pela própria empresa através de comunicado oficial. Conforme o texto, até então, 35 casos no mundo foram detectados, o que fez com que a empresa investigasse de fato o problema que envolve a bateria do Galaxy Note 7.

Em virtude de tais casos, a empresa deverá perder US$ 7 bilhões em valor de mercado. O golpe é bastante duro, principalmente levando em consideração que 54% dos lucros operacionais da companhia são provenientes da divisão de dispositivos móveis no primeiro semestre.

A Samsung disse já ter encontrado a origem do problema, ou seja, está centrado em um lote de baterias defeituosas enviada por uma das fornecedoras.

Explosões

Vários casos de explosões já ocorreram em diferentes locais do mundo. Um usuário, inclusive, mostrou através de vídeo a situação. Conforme ele, o aparelho estava sendo carregado com o cabo original da fabricante, e mesmo assim, ocorreu o problema.

Outros relatos também se espalharam pela web. Felizmente, ao que tudo indica, nenhuma pessoa se feriu de forma grave por causa da explosão do Galaxy Note 7.

Recall

Levando em consideração o fato, a Samsung anunciou que irá recolher todos os produtos e que não irá mais comercializar novos smartphones até que tudo seja resolvido. Os usuários que adquiriram o produto devem levar o aparelho na loja onde foi comprado ou mesmo em um dos Centros de Assistência da marca.

A Samsung admitiu o problema e disse que irá se esforçar ao máximo para reparar os danos que foram causados.

Confira o comunicado da Samsung na íntegra:

"A Samsung está empenhada em produzir produtos de alta qualidade e cada relato de incidente reportado pelos nossos clientes é considerado de forma muito séria. Em resposta a situações que nos foram recentemente comunicadas relativas ao novo Samsung Galaxy Note7, realizamos uma investigação rigorosa e detectamos uma anomalia em algumas baterias que integram estes equipamentos.

Até ao momento (com referência a 1 de Setembro), foram reportados 35 casos a nível global e estamos atualmente realizando uma inspeção completa para identificar possíveis baterias afetadas. No entanto, porque a segurança dos nossos clientes é uma prioridade máxima para a Samsung, decidimos suspender as vendas do Samsung Galaxy Note7 durante as próximas semanas.

Nos casos dos clientes que já têm dispositivos Samsung Galaxy Note7, vamos voluntariamente proceder à troca destes equipamentos por novos. Recomendamos que os clientes entreguem os equipamentos nas lojas em que os tenham adquirido, ou em qualquer Centro de Assistência Samsung. Para mais informação sobre este processo, os clientes deverão contatar a Linha Azul da Samsung (808 20 72 67).

A Samsung reconhece o inconveniente que esta situação pode causar, mas é muito importante que sigamos este processo com vista a garantir que a Samsung continue a fornecer produtos da mais alta qualidade aos nossos clientes. Estamos trabalhando de forma muito próxima com os nossos parceiros para garantir que esta fase de substituição aconteça da forma mais conveniente e eficiente possível."

Mais sobre: samsung, galaxynote7, smartphone
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários