WhatsApp irá compartilhar dados com o Facebook

De acordo com a empresa, as informações serão compartilhadas para melhorar a eficácia das propagandas, oferecer anúncios mais relevantes e ainda sugerir pessoas conhecidas aos usuários do Facebook.

Por | @RafaelaPozzebon Redes sociais

O WhatsApp irá começar a compartilhar com o Facebook o número de telefone de seus usuários, bem como informações sobre a frequência que o mensageiro é usado. Vale lembrar que o Facebook comanda o WhatsApp desde 2014. A novidade nos termos de uso de política de privacidade foi revelada nesta quinta-feira (25).

WhatsApp irá compartilhar dados com o Facebook

Leia também:

"Como uma filial do Facebook, nos próximos meses começaremos a compartilhar informação que nos permita uma melhor coordenação e, com isso, melhorar a experiência entre os serviços. Essa é uma prática comum para empresas que são adquiridas por outras", afirmou o Whatsapp.

Assim, o Facebook terá acesso ao número de telefone que cada usuário utiliza na conta do WhatsApp, assim como dados sobre  a frequência de utilização do aplicativo de mensagens. De acordo com a empresa, as informações serão compartilhadas para melhorar a eficácia das propagandas, oferecer anúncios mais relevantes e ainda sugerir pessoas conhecidas aos usuários do Facebook.

 "Por exemplo, você poderá receber notificações sobre o status do voo de sua viagem, um recibo de uma compra que você tenha feito, ou uma notificação assim que uma entrega tenha sido feita. Mensagens de marketing que você venha a receber poderão conter ofertas de algo que lhe interesse", explica a documentação oficial do aplicativo.

Porém, os usuários que não quiserem compartilhar os seus dados com o Facebook terão tal opção. Eles deverão desmarcar um item nas configurações e com isso, a rede social não irá tornar público o número de telefone dos usuários do WhatsApp.

Para o Facebook, os números de telefones do WhatsApp possuem uma grande valia, já que a rede social não obriga que seus usuários forneçam os seus números, ao contrário do WhatsApp, em que é obrigatório.

Mesmo com as mudanças, o WhatsApp afirma que continuará funcionando de forma independente. Os clientes do aplicativo, que já somais mais de 1 bilhão, receberão a partir desta quinta-feira (25), uma notificação com os novos termos de privacidade. Todos terão 30 dias para aceita-los caso desejem continuar usando o serviço.

Esta é a primeira mudança na política de privacidade do WhatsApp desde 2012, época em que não pertencia ao Facebook.

Mais sobre: facebook, whatsapp, telefone
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.