Novo algoritmo do Facebook irá dar fim aos posts sensacionalistas

O algoritmo irá punir a página que usar clickbait, fazendo com que as suas publicações tenham cada vez menos visibilidade.

Por | @RafaelaPozzebon Redes sociais

Quem usa o Facebook certamente já deve ter se deparado com postagens com textos exagerados que tentam destorcer as notícias. Para amenizar, o Facebook anunciou nesta quinta-feira (4), que irá inibir tais postagens, que são conhecidas como clickbait (ou isca de cliques, em tradução livre) através de algoritmo.

Novo algoritmo do Facebook irá dar fim aos posts sensacionalistas

Leia também:

Agora, postagens com notícias sensacionalistas como “Criança desaparecida é encontrada dentro de cobra”, “Veja o que aconteceu...”, entre outras, terão menos relevância dentro da rede social.

O algoritmo irá punir a página que usar clickbait, fazendo com que as suas publicações tenham cada vez menos visibilidade. “Se m perfil postar 50 vezes por dia e apenas um clickbait, o novo algoritmo não deverá afetá-lo. Mas, se for um spammer e postar clickbait todos os dias, o novo algoritmo irá afetá-lo muito", disse o vice-presidente de produtos do Facebook no Feed de Notícias, Adam Mosseri.

Se a página reverter a situação, ou seja, mudar o seu comportamento na rede social, a situação poderá ser modificada. Vale notar que a prática de clickbait é uma das que mais gera reclamações no Feed de Notícias.

"Um dos valores do Feed de Notícias é ter uma comunicação autêntica em nossa plataforma. A maioria das pessoas nos disseram que elas gostam de ver histórias autênticas. É por isso que nós trabalhamos duro para entender que tipo de histórias e mensagens as pessoas consideram genuínas, para que possamos mostrar mais delas no Feed de Notícias. Trabalhamos também para compreender quais tipos de histórias as pessoas consideram enganosas e spams", disseram Alex Peysakhovich, cientista de pesquisa, e Kristin Hendrix, pesquisadora de Experiência do Usuário, em uma postagem no Facebook.

Mais sobre: facebook, algoritmo, clickbait
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários