Comprar celular novo está cada vez mais demorado, e vendas desaceleram

O mercado de smartphones, já saturado, não tem uma grande estimitativa de crescimento. No geral, consumidores de aparelhos de alto valor costumam ficar cerca de dois anos e meio com um mesmo aparelho.

Por | @oficinadanet Smartphones

Cada vez mais os consumidores ficam com os seus smartphones. Assim sendo, com alguns mercados já lotados, e usuários que cada vez mais esperam para trocar os seus aparelhos, o ritmo de crescimento das vendas não teve uma grande alta, revelou a empresa de análise de mercado Gartner.

Nesta semana, a Gartner estimou que as vendas irão crescer 7% ao longo do ano. A estimativa é bastante positiva, principalmente em relação a outras categorias, como é o caso dos tablets, que aparece em queda. Porém, mesmo assim, representa apenas a metade do índice apontado em 2015, disse a Gartner.

“O mercado de smartphones não vai crescer nos meus níveis que alcançou nos últimos sete anos”, disse a analista Roberta Cozza. Em 2010, por exemplo, a venda de smartphone teve crescimento de 73%.

Comprar celular novo está cada vez mais demorado, e vendas desaceleram

Leia também:

A estagnação das vendas não é novidade, já que, em alguns locais a adoção de um aparelho celular já chegou a 90%. Isso ocorre na América do Norte, na Europa ocidental, Japão e ainda algumas regiões asiáticas.

Nestes mercados, as vendas, no geral, subiam nos segmentos de baixa gama e ainda pela troca de aparelhos. No entanto, os aparelhos estão ficando cada vez mais nas mãos de seus compradores. Os aparelhos de valores mais altos costumam permanecer com um único dono por cerca de dois anos e meio. Por isso, Roberta Cozza acredita que esta tendência “não vai mudar drasticamente nos próximos cinco anos”.

Retardar a compra de um aparelho acontece em muitos casos porque um novo aparelho não apresenta tantas funcionalidades diferentes. “A atualização de tecnologia tornaram-se incrementais, em vez de exponenciais”, disse Cozza.

O mercado chinês, de acordo com a Gartner, também estagnou. “Neste mercado saturado, mas altamente competitivo, espera-se pouca margem para crescimento nos próximos cinco anos”, disse a analista Annette Zimmermann.

Mais sobre: smartphones mercado crescimento
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar