Facebook disponibiliza robôs para atendimento ao cliente

A rede social, durante a F8, mostrou uma plataforma de bots, que são capazes de realizar o atendimento ao cliente de modo automático.

Por | @RafaelaPozzebon Redes sociais

Ligar para uma empresa e aguardar para falar com um atendente, nem sempre é a melhor tarefa. Levando em consideração o fato, o Facebook apresentou nesta terça-feira (12), durante a conferência F8 os seus avanços no que diz respeito a inteligência artificial.

Com isso, a rede social mostrou uma plataforma de bots, que são capazes de realizar o atendimento ao cliente de modo automático. Assim, caso o usuário tenha um problema ou queira comprar algum produto em uma loja virtual basta enviar uma mensagem para a marca no Messenger, o aplicativo da rede social, e receberá a resposta em tempo real.

"As pessoas amam interagir com negócios no Messenger. Um bilhão de mensagens para empresas são enviadas pelos usuários do Facebook por mês", afirmou David Marcus, vice-presidente do Facebook para o Messenger.

Facebook disponibiliza robôs para atendimento ao cliente
Facebook revelou que atendimentos poderão ser realizados com o auxílio de bots.

Leia também:

Mark Zuckerberg, CEO da companhia, mostrou bots da CNN e também da empresa de entrega de flores 1-800-FLOWERS. A primeira ficou responsável pela entrega de informações solicitadas em tempo real para o usuário sobre algum assunto. Já a segunda, permitia a compra de flores online. "Você nunca mais vai precisar ligar para o 1-800-FLOWERS de novo", disse Zuckerberg.   

As novidades que foram apresentadas durante o F8, uma conferência para desenvolvedores, poderão começar a ser disponibilizadas aos usuários daqui alguns meses.

Para a elaboração de bots mais complexos, os desenvolvedores poderão usar o código do assistente virtual do Facebook, chamado M.

Vale notar que o Facebook não é a primeira empresa a lançar bots para aplicativos de mensagens. O telegrama e o Kik, por exemplo, já contam com suas próprias lojas de bots. O diferencial é que ambas as empresas não possuem uma base de usuários tão extensa quanto o Facebook.

Mais sobre: facebook, messenger, bots
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários